publicidade
14/09/18
Foto: Ricardo Stuckert / Divulgação
Foto: Ricardo Stuckert / Divulgação

Haddad abre leque de promessas em ato na Rocinha

14 / set
Publicado por Victor Tavares Correia em Eleições 2018 às 14:52

Fernando Haddad, candidato do PT à Presidência da República, disse nesta sexta feira (14), durante ato de campanha na Rocinha, no Rio de Janeiro, que desde 2014 o Brasil não encontra paz e que a democracia foi desrespeitada pelo PSDB. Durante o ato o presidenciável ainda disse que pretende retomar o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e abriu um leque de promessas. 

O candidato prometeu realizar uma reforma tributária onde as famílias voltarão a consumir.  “Nós vamos fazer uma reforma tributária que vai fazer incidir menos impostos quanto mais pobre for a família, isso vai aumentar a renda disponível das famílias e vão voltar a consumir. Nós vamos fazer uma reforma bancária, porque sem reforma bancária os juros vão continuar muito alto na ponta, quanto mais juro o banqueiro cobrar mais imposto ele vai pagar e vice-versa”.

“A população viveu doze anos de prosperidade até que começaram a desestabilizar nossa democracia. Ontem um ex-presidente do PSDB deu uma entrevista reconhecendo que eles não deveriam ter desestabilizado o governo Dilma e ele reconhece que eles desestabilizaram”, disse.

O petista afirmou que pretende recolocar a questão democrática no pleito eleitoral deste anos. “Desde as eleições de 2014 este País não encontra a paz porque a democracia não foi respeitada e agora aqueles que eram oposição à presidenta Dilma reconhecem que desestabilizaram a democracia. Nós queremos que a eleição agora recoloque a questão democrática reconhecendo todos os erros que foram cometidos e as arbitrariedades que foram cometidas contra o povo e contra a democracia”. 

Ele afirmou que uma das medidas de seu governo, caso eleito, vai ser dar às polícias locais condições para se concentrar nos crimes contra a vida.

Haddad contou em entrevista coletiva após a caminhada que pretende retomar o PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) – programa criado no segundo mandato do governo Lula. Segundo o ex-prefeito de São Paulo a ideia é aumentar investimentos em obras pelo país para impulsionar a economia. “O PAC vai melhorar a qualidade de vida e gerar emprego e renda”, disse Haddad.

Confira a coletiva

 


FECHAR