publicidade
05/09/18
Foto: Wilson Dias/ Agência Brasil
Foto: Wilson Dias/ Agência Brasil

TSE ordena Facebook a retirar do ar publicação sobre Bolsonaro

05 / set
Publicado por Amanda Miranda em Eleições 2018 às 17:34

Agência Brasil – O ministro Carlos Horbach, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), determinou que a rede social Facebook retire do ar, em 48 horas, uma publicação considerada como notícia falsa sobre Jair Bolsonaro, candidato do PSL à Presidência.

A publicação, feita em um perfil chamado Ed Oliveira Oliveira, traz uma foto do candidato acompanhada dos dizeres “não preciso votos de nordestinos”.

LEIA TAMBÉM
» Manuela discute com eleitor de Bolsonaro em fábrica na capital paulista
» Mourão contradiz Bolsonaro e defende acolhida de venezuelanos
» Ataque de Alckmin a Bolsonaro marca início da propaganda na TV
» TSE nega pedido de Bolsonaro para suspender propaganda de Alckmin
» Propaganda de Alckmin com tiros não ofende Bolsonaro, decide ministro do TSE

Horbach aceitou os argumentos da defesa de Bolsonaro de que a publicação veicula informação falsa. Para o ministro, a postagem atribui ao candidato “manifestação que se apresenta como completamente implausível, já que nenhum candidato desprezaria os votos de região que – segundo as estatísticas do Tribunal Superior Eleitoral – conta com 26,6% dos eleitores brasileiros”.

“Há, portanto, veiculação de fato sabidamente inverídico, o que justifica a remoção do conteúdo impugnado”, decidiu o ministro.

Pesquisa não registrada

Em outra decisão, Horbach ordenou que o site O Antagonista retire do ar uma pesquisa de intenção de voto não registrada na Justiça Eleitoral. O ministro aceitou os argumentos da coligação Para Unir o Brasil, de Geraldo Alckmin (PSDB), que apontou não haver na postagem nenhuma informação que permita identificar a fonte do levantamento. O magistrado estipulou multa de R$ 30 mil por dia em caso de descumprimento.


FECHAR