publicidade
29/08/18
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Declaração de Paulo sobre funcionamento de delegacias gera contestação

29 / ago
Publicado por Blog de Jamildo em Notícias às 15:46

Nessa terça-feira (28), durante debate realizado pela Rádio Jornal com os candidatos ao governo de Pernambuco, o governador e candidato a reeleição Paulo Câmara (PSB), ao responder uma pergunta sobre o funcionamento das delegacias do Estado, afirmou que as delegacias de Pernambuco fecham após às 18h em finais de semana e feriados. Entretanto, a realidade encontrada na noite da terça-feira (28) confirma a crítica feita por membros do SINPOL.

LEIA TAMBÉM
» Paulo e Armando buscam polarização no debate da Rádio Jornal
» Armando diz que não vê problema em FBC ser líder de Temer
» Em debate, adversários fazem cobranças e críticas a Paulo Câmara
» ‘Em 2019 teremos a oportunidade de ter Lula governando o Brasil’, diz Paulo

Em junho, uma denúncia feita pelo presidente licenciado do Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (SINPOL) Áureo Cisneiros, foi apresentada no 2° Dossiê sobre a realidade da Polícia Civil de Pernambuco  e voltou a ser objeto de discussão no debate de ontem (28).

A declaração do governador logo repercutiu nas redes sociais sendo alvo de contestações. Ainda na noite da terça-feira (28), horas depois da entrevista dada por Paulo Câmara, Áureo Cisneiros comprovou a denúncia que fez, exibindo em tempo real a situação das delegacias da Boa Vista, Água Fria, Espinheiro e Peixinhos: todas fechadas.

» Com PDT ainda no governo, Rands diz que não é ‘coronel’ para mandar sair
» Armando compara Paulo a Eduardo Campos para criticar adversário
» Candidatos debatem saúde, autonomia de Suape, feminicídio e BR-232
» Armando e Paulo empurram Temer um para o outro, em debate

“Não são com bravatas ou inverdades que vamos resolver o problema da segurança pública em Pernambuco. Todas as críticas feitas por nós almejaram ser construtivas. Mas, em vez de tentar resolver os problemas expostos, Paulo Câmara tem preferido esconder a realidade e punir quem tenta apontar soluções. Não por acaso, toda a diretoria executiva do SINPOL está enfrentando punições simplesmente pelo exercício de suas atribuições sindicais”, disse o representante licenciado do sindicato.

 


FECHAR