publicidade
18/08/18
Alckmin com Helder Barbalho na transposição (Foto: Adalberto Marques/Ministério da Integração)
Alckmin com Helder Barbalho na transposição (Foto: Adalberto Marques/Ministério da Integração)

Alckmin promete fazer obras complementares à transposição

18 / ago
Publicado por Amanda Miranda em Eleições 2018 às 0:45

O ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB) usou a transposição do rio São Francisco para buscar uma aproximação com o Nordeste durante o debate realizado pela RedeTV na noite desta sexta-feira (17). Na região, o ex-presidente Lula (PT) tem 54% das intenções de voto, segundo a última pesquisa Ibope, realizada em junho. O tucano afirmou que ajudou o projeto e prometeu revitalizar a bacia hidrográfica e melhorar o saneamento, além de fazer as obras complementares.

LEIA TAMBÉM
» Marina rebate Bolsonaro: ‘acha que pode resolver tudo no grito’
» Em debate, Boulos ironiza Meirelles: ‘não estou junto com sem-vergonha’
» Dias e Marina criticam candidatura de Lula em debate
» Púlpito de Lula é retirado em debate da RedeTV

Alckmin enfatizou ter cedido bombas da Sabesp, a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo, para que o eixo leste da transposição, que leva água de Pernambuco até a Paraíba, fosse inaugurado por Michel Temer (MDB) no início do ano passado. Outros equipamentos foram emprestados para o eixo norte, ainda em obras.

No caso de Pernambuco, está em andamento a Adutora do Agreste, realizada pelo governo estadual com recursos da gestão federal. Em oposição a Temer, o governador Paulo Câmara (PSB) tem reclamado da ausência de repasses este ano para concluir o serviço. Para funcionar completamente, porém, o projeto precisa do Ramal do Agreste, obra sob responsabilidade do Ministério da Integração Nacional que sequer chegou a ser licitada.


FECHAR