publicidade
10/08/18
Foto: Guga Matos/JC Imagem
Foto: Guga Matos/JC Imagem

Em ofício, Paulo cobra Temer por ‘extrema injustiça’ na transposição

10 / ago
Publicado por Douglas Fernandes em Eleições 2018 às 12:19

O governador Paulo Câmara (PSB) enviou um ofício nesta sexta-feira (10) ao presidente Michel Temer (MDB) em que cobra repasses do governo federal para a conclusão das obras da Adutora do Agreste e afirma que Pernambuco está sendo injustiçado porque as águas da transposição do Rio São Francisco não atendem à população.

O socialista pediu para que o presidente “se digne determinar o repasse imediato dos recursos financeiros ora pleiteados, como única medida capaz de evitar uma nova paralisação dessa obra tão essencial que, caso retroceda, representará um dano irreparável, levando-se em conta todo o trabalho que já foi feito e toda a história de sofrimento do povo nordestino”. 

LEIA TAMBÉM
» Depois de perder o PDT, Paulo Câmara investe no Agreste
» ‘Unimos as esquerdas de Pernambuco’, diz Paulo Câmara
» No Senado, Humberto chama Mendonça de xeleléu de Temer e diz que não o perdoa por denuncia em 2006
» Mendonça diz que Humberto está desesperado para escapar da Lava Jato

No documento enviado ao Palácio do Planalto, Paulo Câmara afirma que neste ano o Ministério da Integração Nacional não fez nenhum repasse apesar das promessa feitas. Ainda de acordo com o gestor, em 2016, a União repassou R$ 136 milhões para a Compesa, responsável pelas obras. Já em 2017, o repasse caiu para a metade: apenas R$ 68 milhões.

“É possível afirmar que nos encontramos numa situação de extrema injustiça, visto que as águas da transposição atravessam o nosso território, mas não trazem qualquer benefício à população pernambucana, porque não chegam às torneiras de seus principais destinatários”, disse, ressaltando a importância das obras da Adutora.

Confira na íntegra


FECHAR