publicidade
10/08/18
Foto: Kelly Fuzaro/Band
Foto: Kelly Fuzaro/Band

Em debate, Bolsonaro vai para cima de Alckmin: ‘apenas ocuparia cadeira de Temer’

10 / ago
Publicado por Amanda Miranda em Eleições 2018 às 0:01

No terceiro bloco do debate realizado pela Band nesta quinta-feira (9), os candidatos escolheram o adversário a quem perguntar.

Sem poder fazer questionamentos ao ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB), que já havia sido escolhido duas vezes – pelo senador Álvaro Dias (Podemos) e o ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles (MDB) – fez uma dobradinha com Cabo Daciolo (Patriota).

LEIA TAMBÉM
» Manifestantes protestam contra ausência de Lula em debate
» Candidato promete trabalho ‘pela honra e glória do senhor Jesus’
» Lula está preso enquanto Temer está solto, diz Boulos em debate
» Em debate, Alckmin diz que se coligou ao centrão para aprovar reformas

Em meio às suas falas criticando indicações políticas no governo federal, foi para cima do ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB).

“São pessoas insignificantes que são colocadas lá para trabalhar para ‘n’ partidos”, afirmou, sobre os ministros. “Ele apenas ocuparia a cadeira do Temer. O resto dos ministérios seriam todos loteados”, disse ainda, criticando a aliança do tucano com o centrão.

» Alckmin e Bolsonaro são os mais ‘acionados’ em primeiro bloco de debate
» Bolsonaro defende novamente castração química em debate
» Daciolo atribui feminicídios a ‘falta de amor’ e Dias à corrupção; Bolsonaro minimiza diferença salarial
» Aborto: Marina defende plebiscito e Boulos diz que é questão do SUS, em debate

A coligação dele, que é a maior entre os presidenciáveis – PSDB, PTB, PP, PR, DEM, SOLIDARIEDADE, PPS, PRB, PSD – já havia sido criticada pela ex-senadora Marina Silva (Rede).


FECHAR