publicidade
02/08/18
Marília Arraes e Humberto Costa após encontro de delegados em Pernambuco (Foto: Leo Motta/JC Imagem)
Marília Arraes e Humberto Costa após encontro de delegados em Pernambuco (Foto: Leo Motta/JC Imagem)

Visivelmente desconfortável, Humberto dá as mãos a Marília

02 / ago
Publicado por Blog de Jamildo em Eleições 2018 às 21:27

Ao ter sua vitória confirmada, com a apuração dos votos de 251 delegados estaduais do PT, a vereadora Marília Arraes (PT) convidou o senador Humberto Costa (PT) – que é declaradamente a favor da aliança entre PT e PSB – a subir no palco e ficar ao seu lado. Marília afirmou que ele será o candidato ao Senado em sua possível chapa. O nome dele foi aprovado na mesma reunião – seja para a disputa com ela ou com o governador Paulo Câmara (PSB) – quase por unanimidade, apenas com quatro abstenções e todos os outros votos favoráveis.

LEIA TAMBÉM
» Humberto diz que retirada da candidatura de Marília tem apoio de Lula
» Encontro estadual do PT termina com vitória por candidatura própria
» Deputado Silvio Costa, de PE, é cotado para assumir a vice de Ciro Gomes
» Nas redes socialistas, equipe de Paulo Câmara tripudia Marília. ‘Lula escolheu Paulo’

“Queria convidar o senador Humberto Costa, que será o nosso senador, queria que Humberto subisse junto conosco aqui. É um orgulho ter a chance, possível, de dividir uma chapa com você”, disse a vereadora, segurando a mão do senador que estava visivelmente desconfortável com a situação.

Em entrevista após subir no palco, Humberto reafirmou a posição favorável à aliança com os socialistas. “Defendi a aliança com o PSB e amanhã vou defender de novo”, disse.

» Aliados de Marília chamam acordo com PSB de ‘balcão de negociatas’
» Após acordo com PT, Paulo fala em união para defender Lula
» Gleisi confirma aliança com o PSB em Pernambuco
» Marília Arraes acredita que decisão nacional não é vontade de Lula

O encontro estadual dos delegados do PT de Pernambuco nesta quinta-feira (2) terminou com a vitória da candidatura própria da vereadora Marília Arraes (PT) ao governo de Pernambuco. 

Durante o encontro, Humberto foi vaiado e chamado de ‘golpista’ pela militância que é a favor da candidatura de Marília Arraes. Ao ser perguntado se houve alguma orientação de Lula pela aliança entre PT e PSB, e consequentemente a retirada da candidatura de Marília Arraes, o parlamentar foi direto. “Você acredita que exista alguma coisa que seja aprovada no PT que não tenha o apoio e o conhecimento de Lula?”, afirmou, dando a entender que Lula deu o aval para que o partido apoiasse Paulo Câmara e rifasse Marília em Pernambuco.


FECHAR