publicidade
28/07/18
Vestindo uma camisa estampada com o rosto de Jair Bolsonaro (PSL), o presidente estadual do PSL, Marcos Amaral, anuncia apoio do partido a Armando (Foto: Douglas Fernandes/Blog de Jamildo)
Vestindo uma camisa estampada com o rosto de Jair Bolsonaro (PSL), o presidente estadual do PSL, Marcos Amaral, anuncia apoio do partido a Armando (Foto: Douglas Fernandes/Blog de Jamildo)

PSL, PRTB, PHS e PV oficializam apoio a Armando Monteiro

28 / jul
Publicado por Douglas Fernandes em Eleições 2018 às 17:47

Já liderando uma frente ampla de partidos, o senador e pré-candidato ao governo de Pernambuco Armando Monteiro Neto (PTB) recebeu o apoio de mais quatro legendas, incluindo o partido do deputado federal e presidenciável Jair Bolsonaro (PSL-RJ). PSL, PRTB, PHS e PV realizaram suas convenções estaduais neste sábado (28), em um hotel no bairro do Pina, Zona Sul do Recife, e oficializaram a adesão do bloco ao grupo Pernambuco Vai Mudar. Agora já são 12 os partidos integrados à frente – já formada por PTB, DEM, PSDB, PPS, PSC, Podemos, PRB e PSDC.

O presidente estadual do PSL, Marcos Amaral, vestido com uma camisa estampada com o rosto do capitão de Jair Bolsonaro, anunciou a aliança do partido ao projeto de Armando Monteiro, que visitou o ex-presidente Lula na semana passada e já declarou o seu voto no petista caso ele consiga ser candidato à Presidência. Amaral dirigiu sua fala a Armando e ressaltou o “palanque plural” da frente.

LEIA TAMBÉM
» Armando Monteiro e Paulo Câmara ‘convocam’ mulheres para enfrentar Marília Arraes
» Apoiado pelo PSL, Armando diz que não cogita dar palanque a Bolsonaro
» Prefeito do PSDB declarou apoio à reeleição de Paulo Câmara
» PSL de Bolsonaro e Bivar anuncia adesão ao palanque de Armando Monteiro

“Esse número de partidos que se juntaram para lhe apoiar, evidentemente, que tem seus palanques nacionais. Nós estamos juntos nessa luta para modificar o Brasil. O nosso candidato nacional a presidente Jair Bolsonaro seguirá como elo de ruptura desse momento difícil que o Brasil se encontra. Esse é um palanque plural, é um palanque que tem o objetivo sim de retomar nossa terra aqui e colocar na linha do futuro”, disse Amaral, que teve sua fala encerrada com gritos de “é melhor Jair se acostumando” (um jogo de palavras com o primeiro nome de Bolsonaro) vindos da plateia presente no evento.

Dos 12 partidos, DEM, PRB, PTB, PPS apoiam a pré-candidatura ao Palácio do Planalto do ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB). O PSC oficializou a candidatura do ex-presidente do BNDES Paulo Rabello de Castro ao Planalto. O Podemos indicou o nome do senador Álvaro Dias como postulante. E o PSDC oficializou neste sábado (28) a candidatura do ex-deputado federal José Maria Eymael, figura carimbada nas disputas pela Presidência.

Além do PRTB, que ainda não definiu se terá candidatura própria a presidente ou se alia ao Podemos, podendo indicar o general Hamilton Mourão como vice de Álvaro Dias. Entre os nomes que podem disputar pelo PRTB se optar por lançar um nome para corrida pelo Planalto, estão o do próprio general Mourão ou do presidente nacional do partido, Levy Fidélix. Neste sábado (28), o PV decidiu não ter candidatura própria ao Planalto e o presidente nacional da sigla verde, José Luiz Penna, admitiu que há conversas com a Rede para indicar um vice na chapa de Marina Silva. O PHS também negocia com a Rede.


FECHAR