publicidade
13/04/18
Foto: Guga Matos/JC Imagem
Foto: Guga Matos/JC Imagem

Paulo Câmara vai gastar 3 milhões para construir novo acesso viário para fábrica da Fiat

13 / abr
Publicado por jamildo em Notícias às 11:45

Sem alarde, o Estado de Pernambuco homologou licitação para “execução das obras e serviços complementares do acesso viário, Via Perimetral, da fábrica da FIAT no município de Goiana”.

A empresa Lidemarc foi escolhida por concorrência, já homologada e publicada no Diário Oficial.

Segundo fontes no Estado, não há data para a obra começar.

O custo será de mais de 3 milhões de reais, através da Secretaria de Desenvolvimento Social, ainda sob a esfera de influência de Raul Henry e do MDB de Pernambuco.

Outros partidos cobiçam a Secretaria, em troca de apoio à reeleição do governador. “Inclusive o PT”, é o que se diz nos bastidores.

A prioridade do governo Paulo Câmara em dar um melhor acesso viário a fábrica da FIAT, uma das maiores multinacionais do planeta, não passou incólume pela oposição.

“Um absurdo com as estradas abandonadas e esburacadas, com a população correndo risco de vida, Paulo Câmara gastar 3 milhões para melhorar a entrada da fábrica da FIAT, que tem mais que condições de fazer ela mesma esta obra”, reclama um deputado estadual da oposição, sob reserva de fonte, para não comprar briga com a FIAT.

CUT em Goiana

Já a CUT realiza neste sábado, dia 14 de abril, a partir das 09h, na Câmara de Vereadores de Goiana, Centro da Cidade, as atividades das plenárias da “Plataforma da Classe Trabalhadora”, organizada com apoio dos movimentos sociais, para discutir “Emprego e Renda”.

O evento vai contar com as presenças do presidente da Confederação Nacional dos Metalúrgicos, Paulo Cayres, da Secretária de Relação do Trabalho da CUT, Graça Costa e do professor universitário e diretor técnico do Dieese, Clemente Ganz.

“Convidamos todos os sindicatos filiados, movimentos populares e aos trabalhadores e trabalhadoras para participar de mais uma plenária de Atualização da Classe Trabalhadora. É importante a presença de todos e todas nesta atividade. Lembramos que cada plenária nossa também será um ato de solidariedade ao Presidente Lula”, disse o presidente da Central Única dos Trabalhadores de Pernambuco (CUT-PE, Carlos Veras.

Veras diz que este ano será desafiador e decisivo para a sociedade brasileira, uma vez que é necessário discutir com a sociedade as propostas que irão fazer parte do documento que será apresentado aos candidatos pernambucanos que concorrerão às eleições em 2018.

“Precisamos mudar a correlação de forças no que se refere à representação parlamentar, em âmbitos municipal, estadual e federal. As forças reacionárias possuem o domínio em todas essas esferas, impondo uma agenda de retrocessos e de retirada de direitos, nunca vista antes na história da república”, disse.

Das nove plenárias que constam na programação da CUT-PE, já foram realizadas quatro nas cidades de Petrolina, Ouricuri, Recife e Afogados da Ingazeira, discutindo temas sobre saúde do trabalhador, agricultura familiar, mulheres e juventude.

“É fundamental a participação da população pernambucana, dos movimentos sociais organizados, das entidades sindicais e da militância comprometida com a luta de classe, para ajudar na construção desse importante instrumento de debate social, de propostas concretas que apontarão os caminhos para construção de um estado forte, economicamente ativo e com capacidade de promover as políticas públicas eficazes e necessárias para garantir a dignidade do povo pernambucano”, diz a entidade.

 


FECHAR