publicidade
09/02/18
Foto: Guga Matos/JC Imagem
Foto: Guga Matos/JC Imagem

Elias Gomes é vaiado ao discursar no bloco das Surubetes no Cabo

09 / fev
Publicado por Douglas Fernandes em Notícias às 11:11

O ex-prefeito do Cabo de Santo Agostinho e de Jaboatão dos Guararapes Elias Gomes (PSDB) foi fortemente vaiado ao discursar em um trio elétrico no Bloco das Surubetes nessa quarta-feira (7), no Cabo. Pré-candidato ao governo do Estado, Elias subiu no trio, fornecido pela Prefeitura do município, comandada pelo seu adversário político Lula Cabral (PSB), e tentou fazer um pronunciamento, mas as vaias eram ensurdecedoras. Curiosamente, o tucano fez um “agradecimento” ao atual prefeito durante a sua breve fala. 

“Eu quero pedir a atenção de vocês para fazer um agradecimento que pode surpreender a muitos, agradecer ao prefeito do município pelo apoio ao bloco das Surubetes”, disse Elias Gomes enquanto os foliões do bloco gritavam ofensas ao ex-prefeito, que estava acompanhado do vereador do Cabo Ricardinho (Solidariedade), sobrinho do tucano.

Após a fala, o locutor do evento Nando Brito criticou fortemente o discurso de Elias Gomes por, segundo ele, fazer política fora de hora. E fez questão de ressaltar que o equipamento foi fornecido pelo prefeito Lula Cabral. O vereador Ricardinho também foi alvo do locutor quando o parlamentar anunciou a atração musical do bloco.

“Hoje tem Nando Moreno!”, disse o parlamentar antes de descer do trio com Elias.

“Segura aí! Quem fala a música sou eu, viu, Ricardinho. Que sou o locutor oficial da Prefeitura, viu, Ricardinho?”, disse o responsável pela apresentação do evento para a resposta imediata do público presente.

Chama a atenção o fato do locutor ser filho do ex-secretário de Elias nas gestões no Cabo e em Jaboatão Francisco José Amorim de Brito, mais conhecido como Chico Amorim. Amorim é atual secretário de Educação de Moreno.

“Nós não vamos permitir que quem quer que seja suba neste trio elétrico fornecido pela Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho pelo senhor Lula Cabral (…) Eu não preciso dizer quem eu sou porque o senhor me conhece bem”, disse se dirigindo ao ex-prefeito da cidade.

“Vocês vieram para quê, não foi para se divertir? (…) O que precisam é entender que não é todo tempo que tem que ser feito política. Façam política no tempo de eleição, meu irmão! Agora pegar o microfone, p… para falar de política… ah, por favor, meu irmão! (…) Tem que saber fazer política por isso perde sempre”,  disparou.

Resposta

Em contato com o Blog de Jamildo, o ex-prefeito Elias Gomes respondeu que “aquela atitude da claque lá presente não merece nenhum comentário da minha parte”.

Trajetória

Elias Gomes foi prefeito do Cabo (1983-1988; 1997-2000; 2000-2004) por três vezes. Em 2004, tentou eleger o ex-secretário de Chico Amorim como seu sucessor à frente da Prefeitura do município, mas Lula Cabral acabou vencendo a disputa. Nas eleições de 2008, 2012 e 2016, o seu filho o deputado federal Betinho Gomes (PSDB) concorreu a prefeito , mas sem sucesso – pendendo para Lula Cabral, Vado da Farmácia e Lula Cabral novamente, respectivamente.

Enquanto que no Cabo Elias e seu grupo político acumulava derrotas, o tucano conseguiu se eleger prefeito de Jaboatão em 2008, sendo reeleito para mais um mandato em 2012. Em 2016, Elias não conseguiu mais uma vez fazer o seu sucessor. O pré-candidato ao Palácio do Campo das Princesas escolheu o seu secretário de Desenvolvimento Urbano Heraldo Selva (PSB) para a disputa, mas Selva acabou não indo nem para o segundo turno. O ex-deputado federal Anderson Ferreira (PR) acabou vencendo o pleito.


FECHAR