publicidade
22/01/18
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Julgamento de Lula: Jungmann diz que cabe a MP agir sobre fala de Gleisi

22 / jan
Publicado por Amanda Miranda em Notícias às 14:08

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, afirmou à Rádio Jornal nesta segunda-feira (22) que a previsão é de tranquilidade em Porto Alegre durante o julgamento do ex-presidente Lula (PT), na quarta-feira (24), após acordos entre manifestantes e as forças se segurança. Apesar disso, considerou que há figuras públicas “incitando a desordem” e que cabe ao Ministério Público agir nesses casos.

“Quem diz essa frase como disse a Gleisi ou qualquer outro”, disse. A presidente do PT, Gleisi Hoffmann, declarou na semana passada que “para prender o Lula, vai ter que prender muita gente, mas, mais do que isso, vai ter que matar gente”.

LEIA TAMBÉM
» Fetape organiza ato a favor de Lula em seis cidades de Pernambuco
» Julgamento de Lula no TRF-4 lota hotéis em Porto Alegre
» É positiva participação de Lula na eleição, afirma Meirelles
» Dos 77 condenados por Moro, tribunal que julgará Lula só absolveu cinco
» Ciro Gomes diz que torce por Lula e nega conspiração no Judiciário

“Há lugar para protesto, manifestar opinião, mas dentro da ordem, com respeito às pessoas e à propriedade”, defendeu Jungmann.

Para Jungmann, o resultado do julgamento de Lula definirá o rumo das próximas eleições. “Esse é o pleito de maior indefinição que eu conheço. As peças vão começar a se organizar a partir do julgamento do ex-presidente Lula”, afirmou o ministro. Se o Tribunal Regional Federal da 4ª Região mantiver a condenação contra o petista, ele pode não disputar a presidência em outubro.

 


FECHAR