publicidade
14/08/17
Ana Arraes e Antônio Campos (Foto: Rodrigo Carvalho/Acervo JC Imagem)
Ana Arraes e Antônio Campos (Foto: Rodrigo Carvalho/Acervo JC Imagem)

Ana Arraes tem sido cortejada e não descarta candidatura, diz Antônio Campos

14 / ago
Publicado por Amanda Miranda em Notícias às 10:50

A ministra do Tribunal de Contas da União (TCU) Ana Arraes não descarta voltar à disputa eleitoral no próximo ano. É o que afirma o advogado Antônio Campos, filho dela. Em entrevista à Rádio Jornal nesta segunda-feira (14), ele disse ainda que ela tem sido cortejada pelo governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, do PSDB, e pelo senador Álvaro Dias, do Podemos, partido ao qual Campos se filiou após deixar o PSB.

Ana Arraes ainda recebeu no último sábado (12) a visita do ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad, do PT. Segundo o filho dela, porém, o encontro foi para prestar condolências pelos três anos de morte de Eduardo Campos.

A família está dividida pelo legado político dele e do avô, Miguel Arraes, pai da ministra.

“Ela tem sido cortejada por ter sido duas vezes deputada, ser filha de Arraes, mãe de Eduardo e por ter mostrado a habilidade política e de unir grupos que são dispersos em Pernambuco”, alegou. “Tenho convicção de que ela vai amadurecer esse assunto e vai tomar uma decisão até março de 2018”, disse ainda Antônio Campos.

Segundo o advogado, a mãe deverá ponderar também a permanência no tribunal, onde ainda tem cinco anos de trabalho e que terá que deixar até o próximo ano se voltar à vida política. 

 


FECHAR