publicidade
27/07/17
Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil
Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil

Senado recebe pedidos para proibir candidatura de Bolsonaro e cassar Jean Willys por desacato a Moro

27 / jul
Publicado por Amanda Miranda em Notícias às 18:06

Com mais de 20 mil assinaturas, as ‘ideias legislativas’ enviadas no site do Senado Federal são levadas aos parlamentares para serem discutidas. Entre essas sugestões estão duas polêmicas: um pedido para que o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) seja impedido de se candidatar à presidência em 2018 e outro para que Jean Wyllys (PSOL-RJ) seja cassado por desacato ao juiz Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato.

O projeto sobre Bolsonaro foi lançado por uma pessoa de Sergipe e chegou a 31.233 apoios nesta quinta-feira (27), três meses antes do prazo para que atingisse 20 mil nomes para não ser arquivado.

LEIA TAMBÉM
» Internautas ironizam fala de Bolsonaro e criam evento para despedida dele do Brasil
» Bolsonaro diz que vai sair do País se não vencer as eleições de 2018
» Lula: ‘Bolsonaro não disputa 2018 e Doria, por enquanto, não é nada’

“Jair Messias Bolsonaro. Um político de um caráter autoritário e cruel, preconceituoso e uma ameaça à democracia. Alguém como ele não deve se candidatar a Presidência da República. Pelo bem da democracia e pelo povo brasileiro!”, afirma o pedido. “Ele também é conhecido por defender a ditadura militar e a tortura daquele tempo, e pelos seus discursos de ódio que atingem a minoria.”

Ele cita ainda o número de projetos de Bolsonaro que foram aprovados. Em 26 anos na Câmara dos Deputados, foram dois.

Apesar do pedido, a função de impedir as candidaturas é do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), no momento do pedido para disputar as eleições.

Jean Wyllys e Moro

Foto: Marcelo Camargo/ABr

» Conselho de Ética nega suspensão de Jean Wyllys, mas vai aplicar advertência por escrito
» Em jogo, Bolsonaro dispara ‘raio opressor’ e Jean Wyllys cospe nele
» Contra Estatuto da Família, Jean Wyllys diz que nem a Sagrada Família era tradicional

O pedido para cassar Jean Wyllys veio do Acre e tem ainda mais apoios: 77.675. “Devido ao ataque por conta do deputado Jean Willys ao Juiz Sergio Moro, seria mais que correto a cassação do deputado”, diz. A proposta não explica, porém, qual foi o motivo do desacato. Além disso, caberia à Câmara dos Deputados, através do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar, definir casos como esse.

Outros pedidos


FECHAR