publicidade
04/03/17
Foto: Divulgação/Ministério da Integração
Foto: Divulgação/Ministério da Integração

Vazamento em barragem da Transposição em Sertânia é controlado

04 / mar
Publicado por Blog de Jamildo em Notícias às 11:38

O Ministério de Integração Nacional informou que o vazamento no reservatório Barreiro da Transposição do Rio São Francisco, em Sertânia, Sertão pernambucano, que ocorreu nessa sexta-feira (3), foi totalmente contido na madrugada deste sábado (4). O açude é um dos últimos antes de água chegar em Monteiro, a primeira cidade da Paraíba que será beneficiada pelo projeto. Apesar do problema, o presidente Michel Temer (PMDB), deve ir ao Nordeste na próxima quinta-feira (9) para vistoriar as obras.

Em nota, o ministério comunicou que os técnicos das empresas responsáveis pelas obras do projeto na região trabalharam durante toda a noite para fechar o vazamento. As avaliações técnicas realizadas não apontaram risco estrutural ao reservatório e que as causas do vazamento ainda não foram identificadas. No entanto, os técnicos continuam na área monitorando e fazendo análises.

LEIA TAMBÉM
» Transposição: ministério admite vazamento em Sertânia, mas nega riscos
» Açude da transposição ameaça romper, em Sertânia. Famílias são evacuadas pelo Ministério da Integração
» Temer volta ao Nordeste dia 9 para inaugurar Transposição na Paraíba

Durante a madrugada, houve boatos de que a Barragem de Barreiros teria se rompido. No entanto, o ministério negou todas as informações.

 

O açude fica entre as estações de bombeamento 5 e 6 do eixo leste do projeto, que capta a água do reservatório de Itaparica, em Floresta, também no Sertão pernambucano, e pretende levá-la até Monteiro. Depois, a água seguirá para Rio Paraíba até o reservatório Boqueirão, para reforçar o abastecimento em Campina Grande, também na Paraíba. A pasta de Integração Nacional foi questionada se o prazo está mantido para este mês de março, mas não respondeu à pergunta na nota enviada.

» Pelas redes sociais, Lula cobra paternidade da Transposição do São Francisco após visitas e Temer e Alckmin
» Em Floresta, Temer aciona terceira estação de bombeamento do eixo leste da transposição
» Governo Temer já usa transposição para tentar melhorar popularidade no Nordeste

As obras do reservatório Barreiro foram iniciadas em março de 2014 e finalizadas em setembro de 2015. A liberação para encher o reservatório foi em 25 de fevereiro, durante o Carnaval, e a saída das águas pela estrutura de controle aconteceu no dia 27, totalizando dois dias de enchimento. A capacidade total é de 2.612.000 metros cúbicos.

A água da transposição chegou a Sertânia na última sexta-feira (24), após uma visita do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB). Através da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo), o tucano, que tem planos para se candidatar à presidência, emprestou bombas para o projeto.

» Transposição: restam 53 km para água chegar a Monteiro, na Paraíba
» MPF diz que “é difícil” água da Transposição chegar à Paraíba agora
» Menor preço para concluir eixo norte da Transposição foi de R$ 442,21 milhões

De acordo com o Ministério da Integração Nacional, 96,89% do eixo leste estão concluídos até agora. A construção do canal da transposição começou em 2007, ainda no governo Lula (PT), com previsão inicial de acabar três anos depois. O petista usou nos últimos dias as redes sociais para cobrar a paternidade da obra, depois da aproximação de Alckmin e de Temer da transposição para melhorar a popularidade no Nordeste. Dentro dessa estratégia, o líder da oposição no Senado, Humberto Costa (PE-PE), vai visitar a transposição neste sábado (4).

Em entrevista no programa Resenha Política, da TV JC, o ministro Bruno Araújo (Cidades) confirmou a visita de Michel Temer para a próxima semana. O próprio peemedebista veio a Floresta no fim de janeiro para inaugurar a terceira estação de bombeamento no eixo leste, quando prometeu concluir esse trecho até o fim do semestre.


FECHAR