publicidade
16/07/16
Foto: Marcos Correa/AFP
Foto: Marcos Correa/AFP

Temer vira boneco gigante e será exposto ao lado de Dilma no Recife

16 / jul
Publicado por Amanda Miranda em Notícias às 17:02

O presidente Michel Temer (PMDB) e a afastada Dilma Rousseff (PT) voltarão a ficar lado a lado no Recife. Mas, depois do rompimento da chapa eleita em 2010 e 2014 devido ao processo de impeachment da petista, isso só vai acontecer na Embaixada dos Bonecos Gigantes, que fica no Bairro do Recife, na área central da cidade. O bonequeiro Leandro Castro quase concluiu a peça; estão faltando apenas o cabelo e a maquiagem para que seja exposta, ao lado de Dilma, provavelmente a partir da próxima semana. Além de Temer, o artista está trabalhando em obras para retratar Deltan Dallagnol e Carlos Fernando dos Santos Lima, procuradores que integram a força-tarefa da Operação Lava Jato, e Hillary Clinton e Donald Trump, candidatos à presidência dos Estados Unidos.

Boneco gigante de Temer está quase pronto, mas ainda faltam a maquiagem e os cabelos (Foto: Leandro Castro/Cortesia)
Boneco gigante de Temer está quase pronto, mas ainda faltam a maquiagem e os cabelos (Foto: Leandro Castro/Cortesia)

A elaboração do boneco gigante de Temer começou uma semana depois do afastamento de Dilma, ainda em maio. O pedido foi enviado para o gabinete do presidente interino e, com a autorização, veio um questionamento da equipe do peemedebista: se a atual primeira-dama, Marcela Temer, também seria retratada. “O pessoal acha ela muito bonita, não é?”, brincou Leandro Castro, que não pretende ainda criar a boneca.

LEIA TAMBÉM
» Bonecos do “Japonês da Federal” e de Sérgio Moro desfilam no Carnaval de Olinda
» Para evitar vaias, boneco de Dilma fica mais uma vez fora do desfile em Olinda
» STF quer investigação sobre bonecos de Lewandowski e Janot

Oito dias foi o tempo que o bonequeiro e a equipe dele levaram para fazer a modelagem de argila e dar forma ao boneco de fibra de vidro – o ideal para deixar um boneco pronto é 40 dias. O figurino também já foi elaborado pela esposa de artista, a estilista Sineide Castro. Só os cabelos grisalhos, encomendados nos Estados Unidos, não chegaram e o bonequeiro decidiu deixar os fios brancos, já em estoque.

» Lula registra queixa contra jornalistas e inventor do boneco Pixuleco
» Fábrica de máscaras aposta na imagem do japonês da Federal

A expectativa de Leandro Castro é de fazer os últimos retoques na próxima terça-feira (16) e colocar em exposição junto ao boneco de Dilma. Estão entre os 320 bonecos da embaixada, os dos ex-presidentes Lula (PT) e Fernando Henrique Cardoso (PSDB), além de Tancredo Neves e Juscelino Kubitschek. Foram feitos também o juiz Sérgio Moro e o policial Newton Ishii, o ‘Japonês da Federal’, que ficaram conhecidos pela atuação na Lava Jato. “Mas a gente evita politicagem. A gente mexe com cultura, não com política. Simplesmente retrata o que a população está vivendo”, defende, apesar disso. Pessoalmente, o bonequeiro prefere não dar opinião sobre o afastamento da presidente e diz apenas: “Há muitos anos o Brasil não vem em um momento legal, não só na parte econômica” e “O povo tem que ser empreendedor, lutar por educação e saúde. Não vejo com bons olhos o Estado como tutor da população”.

» Veja outros bonecos gigantes feitos por Leandro Castro:

Entre esses bonecos, 80 são escolhidos para desfilar durante o Carnaval em dois momentos: na Apoteose dos Bonecos Gigantes, que é na segunda-feira, em Olinda, e no desfile no Recife. Este ano e no ano passado a réplica de Dilma não desfilou, de acordo com o bonequeiro, para evitar vaias. Ainda não se sabe se Temer vai às ruas em fevereiro do ano que vem. “O pessoal ainda está apreensivo sobre o que vai ser esse governo. É uma interrogação”, diz. O que se sabe é que pelo menos até a votação do processo de impeachment no plenário do Senado, prevista para o fim de agosto, a petista e o peemedebista estarão na Embaixada como presidentes. Resta descobrir ainda quem ficará depois.

» Com ‘recesso branco’, pedido de cassação de Cunha e impeachment ficam para agosto
» Veja os próximos passos do processo de impeachment contra Dilma Rousseff
» Lula calcula que precisa convencer seis senadores a votar contra o impeachment para salvar Dilma


FECHAR