publicidade
29/04/16

Janaína Paschoal chora durante depoimento na comissão do impeachment

29 / abr
Publicado por jamildo em Notícias às 9:25

A jurista Janaína Paschoal, uma das autoras do pedido de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff, chorou ao defender a denúncia analisada pela Comissão Especial do Impeachment no Senado nesta quinta-feira (28).

LEIA MAIS:

>> Janaína Paschoal grita com senador e leva bronca do presidente de comissão
>> “O problema foi ousar questionar o Deus do petismo”, diz Janaína Paschoal
>> Discurso pró-impeachment de Janaína Paschoal vira meme nas redes sociais
>> Vídeo: ‘Gemido constrangedor’ interrompe discussão em comissão do impeachment

“O que eu quero é que os brasileirinhos que estão me ouvindo acreditem que vale a pena lutar por este livro”, disse, emocionada, a jurista ao exibir uma cópia da Constituição Federal, atacando o partido da presidente Dilma logo em seguida.

“Livro que o PT não assinou. Por isso que eles falam em golpe, porque nunca acireditaram na Constituição Federal”, atacou Janaína, já com retomando o semblante sério.

>> Comissão Especial do Senado ouve hoje autores do pedido de impeachment
>> Comissão do Impeachment aprova nomes que farão defesa e acusação de Dilma

Janaína fez questão de explicar que não tem nenhuma ligação com o PSDB, principal legenda da oposição ao governo Dilma, e disse que a denúncia contra a petista é “apartidária”.

>> Vídeo: “O Brasil não é a República da cobra”, grita autora do pedido de impeachment
>> Autora do pedido de impeachment se sentiu representada em votação na Câmara

“Depois [de apresentada a denúncia] os partidos de oposição abraçaram nosso pedido”, disse. “Não quero mais ouvir que sou tucana. Nós apresentamos esse pedido porque eles [tucanos] são uma oposição fraca. Veja bem a minha personalidade e me diga se eu sou tucana.”


FECHAR