publicidade
04/11/14
Foto: Marcello Casal Jr/ABR
Foto: Marcello Casal Jr/ABR

Em nota, Rede Sustentabilidade repudia atos que pedem nova intervenção militar

04 / nov
Publicado por Public Post em Notícias às 8:45

Foto: Marcello Casal Jr/ABR

A Rede Sustentabilidade, partido ainda sem registro da ex-candidata à Presidência Marina Silva, emitiu no fim da tarde dessa segunda-feira (03) uma nota em que repudia as manifestações realizadas em São Paulo nesse sábado (01) e que pediam, além do impeachment da presidente reeleita Dilma Rousseff (PT), uma nova intervenção militar.

A agremiação política afirma que defende o diálogo nacional contra a arrogância e que não “apela para o revanchismo”, além de defender de forma radical o Estado de Direito e as instituições brasileiras.

A Rede afirma também que “tenebrosas forças do retrocesso” buscam alimentar a ideia de um golpe militar no país.

No último sábado (01), uma manifestação reuniu cerca de 3 mil pessoas na Avenida Paulista. Os manifestantes, inconformados com o resultado do segundo turno das eleições, pediam a retirada de Dilma Rousseff do poder, fosse por impeachment ou através de uma intervenção militar nos moldes da que aconteceu no Brasil em 1964.

LEIA TAMBÉM:

>> Deputado Bolsonaro é flagrado com arma em protesto contra Dilma em SP

>> Em SP, manifestantes pedem impeachment de Dilma e nova intervenção militar

>> PSDB acredita que pedido de intervenção militar partiu de “infiltrados” do PT

A Rede Sustentabilidade é uma organização política idealizada pela ex-senadora e ex-candidata à Presidência Marina Silva, atualmente no PSB. As principais diretrizes da Rede Sustentabilidade estão focadas em um desenvolvimento econômico sustentável ambientalmente.

Acompanhe na íntegra a nota da Rede Sustentabilidade:

Diante das manifestações de sábado (1º/11) que reuniram setores minoritários e extravagantes que chegaram a pedir “intervenção militar” no Brasil, a Rede Sustentabilidade afirma que:

1. Defende o diálogo nacional contra a arrogância e apela para que as forças de oposição mantenham a razoabilidade e a crítica construtiva, sem alimentar nenhum tipo de revanchismo;

2. Defende com radicalidade o Estado de direito democrático e as instituições da democracia brasileira, entendendo que essas precisam ser reformadas e ampliadas, mas jamais destruídas por tenebrosas forças de retrocesso que minoritariamente buscam insuflar a infeliz ideia de golpe militar que a história brasileira já mostrou ser desastroso.

A Rede Sustentabilidade empunha a bandeira da democratização da democracia. Compreendemos o justo sentimento de indignação e oposição da população; contudo, manifestações de extrema-direita ou com inspirações antidemocráticas jamais contarão com nossa simpatia ou apoio.

Liberdade, democracia, justiça social e paz

Elo Nacional da Rede Sustentabilidade.


FECHAR