publicidade
05/09/14
Foto: AFP
Foto: AFP

Empresa que pagou jatinho que levava Eduardo Campos teria recebido R$ 100 mil de doleiro

05 / set
Publicado por Blog de Jamildo em Notícias às 12:35

Foto: AFP

A empresa Câmara & Vasconcelos, que teria pago R$ 159,9 mil para custear parte da compra do jatinho de campanha do PSB que caiu matando o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos e outras seis pessoas, teria recebido R$ 100 mil reais da MO Consultoria; uma empresa que a Polícia Federal (PF) considera de fachada e que é controlada pelo doleiro Alberto Youssef, que foi preso durante a Operação Lava Jato.

As informações são do jornal Folha de S. Paulo que cruzou a lista de fornecedores da Lava Jato com a das empresas que teriam custeado o jatinho, segundo a AF Andrade; que aparece junto à Agência Nacional de Avião Civil (Anac) como dona do avião, mas que afirma ter vendido a aeronave para os empresários pernambucanos João Carlos Lyra Pessoa de Mello Filho, Apolo Santana Vieira e Eduardo Ventola. Os dois documentos estão em posse da PF.

Ao todo, a AF Andrade diz ter recebido R$ 1,71 milhão pelo pagamento do avião, em 16 depósitos. A suspeita da polícia é que esse dinheiro seja proveniente de caixa dois.

Reportagem do Jornal Nacional mostrou que a Câmara & Vasconcelos tem como sede uma sala vazia em Nazaré da Mata. O dono é Paulo César de Barros Morato, que afirmou ao jornal paulista desconhecer tanto Youssef, quanto a MO Consultoria. Ele confirmou o empréstimo a João Carlos Lyra para o pagamento do jatinho.

A Folha de S. Paulo também procurou o PSB, que disse não saber da relação entre Youssef e a Câmara & Vasconcelos. O partido tem dito que não tem responsabilidade sobre o processo de compra do avião.


FECHAR