publicidade
04/06/14

Declarações de Marília Arraes continuam repercutindo na Juventude do PSB

04 / jun
Publicado por Blog de Jamildo em Eleições às 17:06

A mensagem postada pela vereadora Marília Arraes (PSB), em seu perfil do Facebook, no início desta semana continua gerando mal-estar nos bastidores do partido. No texto, ela questiona a intervenção da sigla na escolha do filho de Eduardo Campos, João Campos, para assumir a presidência da Juventude do PSB em Pernambuco. Nesta quarta-feira (4), o vice-presidente da Juventude Socialista Brasileira (JSB), Victor Fialho, enviou uma nota em que endossa o pensamento de Marília, que é prima do presidenciável Eduardo Campos, e questiona a postura da cúpula do partido.

“Confesso estranheza com as últimas notícias que relatam que o PSB-PE, partido no qual comecei a militar antes mesmo de ter a idade mínima para assinar a ficha de filiação, coloque agora, através de fala do nosso presidente do Diretório Estadual, que a nossa chapa abriu mão da disputa para beneficiar alguém que nunca esteve conosco nas lutas diárias pautadas pela juventude socialista e que, por consequência, não representa uma atitude republicana da direção partidária em ordenar o novo secretário estadual da JSB-PE”, diz Fialho, na mensagem.

Informações de bastidores dão conta que Marília Arraes está insatisfeita com a condução de João Campos estar sendo imposta “de cima para baixo”, sem democracia e sem respeito às regras do partido.

Marília busca pavimentar a candidatura dela para deputada federal. A candidata se licenciou da secretária de Juventude e Qualificação Profissional para dedicar-se a campanha. Ela vai tentar angariar os votos de Ana Arraes, que obteve 387 mil votos nas últimas eleições, em 2010.

Procurada, a vereadora não atendeu aos telefonemas. A assessoria de imprensa informou que o posicionamento dela está exposto no texto, publicado no Facebook.

Leia a íntegra da nota de Victor Fialho, Vice-Presidente da JSB

A mensagem postada pela vereadora Marília Arraes (PSB), em seu perfil do Facebook, no início desta semana continua gerando mal-estar nos bastidores do partido. No texto, ela questiona a intervenção do partido na escolha do filho de Eduardo Campos, João Campos, para assumir a presidência da Juventude do PSB em Pernambuco. Nesta quarta-feira (4), o vice-presidente da Juventude Socialista Brasileira (JSB), Victor Fialho, enviou uma nota em que questiona a intervenção do partido no processo de escolha do novo o novo secretário estadual da JSB-PE.

“Confesso estranheza com as últimas notícias que relatam que o PSB-PE, partido no qual comecei a militar antes mesmo de ter a idade mínima para assinar a ficha de filiação, coloque agora, através de fala do nosso presidente do Diretório Estadual, que a nossa chapa abriu mão da disputa para beneficiar alguém que nunca esteve conosco nas lutas diárias pautadas pela juventude socialista e que, por consequência, não representa uma atitude republicana da direção partidária em ordenar o novo secretário estadual da JSB-PE”, diz a mensagem.

Lamentamos não poder disputar no campo das ideias que sempre nos pautamos e assistir pela imprensa a evolução dos fatos. Buscaremos sempre honrar os ensinamentos do nosso maior líder político, o ex- governador Miguel Arraes.

Saudações socialistas.
Victor Fialho
Vice-Presidente da JSB
GESTÃO 2012 – 2014


FECHAR