publicidade
20/05/14

Defender patrão faz parte da história de Armando, diz Geraldo Julio

20 / maio
Publicado por Blog de Jamildo em Eleições às 18:42

Foto: Andréa Rêgo Barros/PCR
Foto: Andréa Rêgo Barros/PCR

Um dos principais coordenadores da campanha de Paulo Câmara para o governo do Estado, o prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB)-, assumiu uma postura mais ofensiva e endossou as críticas do presidente estadual do PSB, Sileno Guedes. “Não há no currículo do candidato [Armando Monteiro Neto] nenhuma experiência no setor público. Defender patrão é a história dele”, disparou o prefeito. As declarações foram dadas nesta terça-feira (20), durante a assinatura do projeto de lei que propõe o passe livre para estudantes do 6º ao 9º ano da rede municipal de ensino.

Segundo o socialista, o repertório de Armando no Congresso Nacional corrobora a análise. “Todos os votos dados por ele no Senado são a favor dos patrões”, declarou o prefeito.

LEIA MAIS:

Prefeito de Moreno critica Armando Monteiro Neto e diz que campanha usa sistema Sesi para fazer palanque eleitoral

Em novo ataque a Armando, Prefeito de Moreno afirma que candidato é patrão e não um líder

O tom político nas declarações do prefeito do Recife subiu desde o fim de abril. Há um mês, no ato de adesão de 100 sindicatos à frente governista de Paulo Câmara, Geraldo Julio declarou não acreditar que trabalhadores apoiassem o nome de Armando, “que acha que é patrão”. Um dia antes, coincidentemente, o senador Jarbas Vasconcelos (PMDB), em entrevista à Rádio Jornal, aconselhou o gestor recifense a ser mais político e “opinar”.

Ele parece ter seguido à risca.


FECHAR