20
set

Dica de leitura: Flor Mágica ensina sobre reciprocidade e como os livros podem nos salvar

20 / set
Publicado por Mariana Dantas às 23:20

Livro infantil de poemas será lançado nesta terça-feira, durante live no Instagram. Foto: Divulgação

A escritora pernambucana Camilla Inojosa lança nesta terça-feira (22) o livro infantil “Flor Mágica”, sua primeira obra em poemas. O lançamento será online, às 20h, no perfil @camillinhainojosa no Instagram, com participação do jornalista pernambucano Roberto Beltrão.

Com ilustrações de Rafaella D’Oliveira e duas capas, o livro apresenta dois poemas para os pequenos: “Flor Mágica” e “Eu, Passarinho”. “O Eu, passarinho escrevi sentada num corredor de uma grande feira de livros, em 2019, antes da pandemia. Estava bombardeada com ilustrações incríveis e só conseguia pensar em como os livros podem nos salvar. Nos fazer livres. Nos fazer pássaro. E escrevi o Pássaro”, completa a autora.

Já Flor Mágica surgiu a partir de uma história escrita por Maria Luíza, 8 anos, filha mais velha de Camilla. “O texto fala de como a vida exige trocas e reciprocidade. Eu, volta e meia, tenho retornado a ele para entender e compreender algumas coisas. Que a gente possa entender que cuidar é importante e não apenas querer ser cuidado”, explica Inojosa, que é mãe também de Alice, 5 anos.

O livro, que foi produzido em processo de financiamento coletivo pelo Catarse e publicado pelo selo La Ursa, será vendido por R$ 45 no Instagram (@laursalivros).

SOBRE A AUTORA – Camilla Inojosa tem 37 anos, é advogada e escritora. Já publicou os títulos “?” e “Antônio com M” pelas Edições Bagaço. Pela Editora IMEPH publicou o título “Lápis Mágico”, pelo qual recebeu menção honrosa da Academia Pernambucana de Letras no ano de 2016. Com o mesmo título foi finalista, em 2017, do prêmio nacional Ganymédes José, promovido pela União Brasileira de Escritores do Rio de Janeiro (UBE/RJ). Ainda em 2017, foi finalista dos prêmios Monteiro Lobato e Carlos Drummond de Andrade, promovidos pelo SESC-DF. Com o texto inédito “Quanto tempo dura o para sempre” foi a vencedora do prêmio Elita Ferreira, promovido pela Academia Pernambucana de Letras (APL), no ano de 2018. Em 2019, o título “Onde está o meu sonho” recebeu menção honrosa da APL. Publicou o conto Angelino na Vacatussa, em 2020, e o texto Calçadão na coleção solidária Abrigo, da mesma editora.

LEIA MAIS:
>> Crianças de 7 a 12 anos podem ilustrar o novo livro de J.K Rowling; Veja como
>> Estimule o hábito da leitura nas crianças durante a quarentena
>> Jornada da toupeira mostra que todo mundo faz cocô, mesmo que diferente
>> Panini lança selos DC Comics para crianças e adolescentes
>> Lua, noite e dia: “Um livro para a infância de todos os leitores
>> Jabuti e tatu ensinam sobre a amizade em livro que também é de colorir


Veja também