08
set

Dia Internacional da Alfabetização é celebrado no canal da Fundaj com contação de histórias

08 / set
Publicado por Julliana de Melo às 7:34

Foto: Pexels

Para marcar o Dia Internacional da Alfabetização, a Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj) e o Museu do Homem do Nordeste (Muhne) realizam um evento virtual na próxima terça-feira (8), no canal da Fundaj no YouTube, a partir das 14h, com contação de histórias e exercícios de leitura. O evento é gratuito.

A iniciativa consiste em explorar ferramentas lúdicas, criativas e divertidas nos processos de aprendizagem, reforçando assim a importância da alfabetização da criança. As atividades artísticas e culturais serão conduzidas por profissionais especializados em ilustrações, quadrinhos e contação de histórias e educadores/as do Muhne. O Educativo do museu fará oficinas para estimular o ensino e a aprendizagem das crianças utilizando a metodologia lúdica – jogo da memória e arte com fantoche.

“Vamos lançar uma série de vídeos com oficinas adequadas para crianças. De casa, a criançada poderá fazer o próprio desenho ou imprimir imagens para colorir, montar seus jogos com as palavras e figuras. Iremos também apresentar o ABC do Engenho (Massangana) para que as crianças possam brincar com o universo desse local nesse processo de ensino e aprendizagem. Os vídeos ficarão disponíveis nas plataformas digitais”, explica a coordenadora de Ações Educativas do Muhne, Edna Silva.

Participam do evento o cartunista Jarbas Domingos, criador da tira Barô Barata, que integra revistas infantis e juvenis como Recreio e Mundo Estranho, além de livros didáticos, o ilustrador, quadrinista e autor de livros infanto-juvenis Laerte Silvino. O quadrinista e ilustrador Carlos Eduardo, o doutor em Educação pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e especialista em quadrinhos nas práticas educativas Fábio Paiva, o desenhista, ilustrador, diagramador e quadrinista Luiz Carlos e a atriz, cantora e contadora de histórias Camila Puntel.

O Dia Internacional da Alfabetização é um marco na formação educacional. “Um dia escolhido para receber com atenção, dedicação e acolhimento especial. Para isso, criamos ações que reforçam a importância desse processo de alfabetização tanto para as crianças que estão aprendendo quanto para quem está ensinando. A prática da leitura é um dos elementos mais fortes e bem apresentados dentro do universo da alfabetização. Letramento, apropriação da escrita, sonoridade, entendimento dos significados fazem parte da alfabetização”, afirma o presidente da Fundaj, Antônio Campos, que abrirá a programação.


Veja também