publicidade
29/08/19
Cães com orelhas mais longas têm mais chances de ter otite. Foto: Divulgação
Cães com orelhas mais longas têm mais chances de ter otite. Foto: Divulgação

Como tratar e prevenir as otites em pets?

29 / ago
Publicado por Amanda Rainheri em Saúde às 8:00

Balançar a cabeça com frequência, exalar um cheiro forte nas orelhas e coceiras frequentes podem ser sinais de que seu pet está com otite. Em países tropicais, como o Brasil, cerca de 20% dos atendimentos clínicos de cães e gatos, corresponde a casos de otite.

De acordo com a médica veterinária Mariana de Castro Amâncio, os pets com pré-disposição a serem acometidos pela inflamação, geralmente são os animais com orelhas mais longas e com grande quantidade pelos, como exemplares das raças Basset Hound, Cocker Spaniel e Golden Retriever.

“Os cachorros com orelhas pendulares, com bastante pelo são mais suscetíveis a um abafamento e, consequentemente, há um aumento de umidade no conduto auditivo e grande produção de cera. Com isso, o ambiente se torna propício para uma presença maior de ácaro, fungos e bactérias”, explica.

Mariana aponta que não há uma época específica do ano com maior incidência da inflamação. “Alguns tutores acreditam que no inverno os pets podem ter mais problemas com otite. A exposição do animal ao vento pode causar otites, porém, o clima não é fator decisivo e isolado para ser causador do problema”, desmistifica.

O tratamento é feito com medicamentos que combinam princípios anti-inflamatórios, antibióticos e antifúngicos. Entre as principais bactérias causadoras das otites crônicas está a Pseudomonas aeruginosa. Além disso, 80% dos casos de otite externa apresentam o fungo Malassezia pachydermatis.

Prevenção das otites

Segundo a médica veterinária, é possível fazer uma prevenção e, assim diminuir a incidência das otites. Para isso, Mariana indica que o tutor faça semanalmente a limpeza e desinfecção do conduto auditivo e pavilhão auricular, com o auxílio de substâncias que removem o excesso de cerúmen acumulados no ouvido.

Ajude-nos a fazer o melhor conteúdo para você!


FECHAR