publicidade
19/02/20
O Hospital da Restauração, no Recife, é um dos que terão profissionais registrando doenças e demais ocorrências nos dias de folia (Foto: Diego Nigro/Acervo JC Imagem)
O Hospital da Restauração, no Recife, é um dos que terão profissionais registrando doenças e demais ocorrências nos dias de folia (Foto: Diego Nigro/Acervo JC Imagem)

Saúde no Carnaval: mais de 4 mil plantões de profissionais reforçam atendimentos em Pernambuco

19 / fev
Publicado por Cinthya Leite em Blog - 19/02/2020 às 15:22

Durante o Carnaval deste ano, toda a rede de urgência ligada à Secretaria de Saúde de Pernambuco (SES) funcionará normalmente, 24 horas por dia, para assistir a população em caso de problemas. Ao todo, mais de 4,4 mil plantões de profissionais vão reforçar a atuação no período. Desse total, são 134 médicos, 1.124 analistas em saúde (enfermeiros, farmacêuticos, fisioterapeutas e assistentes sociais, entre outros) e 3.237 assistentes em saúde (técnicos de enfermagem, radiologia, laboratório e farmácia).

Leia também:

Carnaval: veja 8 dicas para se prevenir do coronavírus, sarampo, gripe e outras doenças

“Entre 2019 e este início de ano, já convocamos para nossos serviços mais de 1,2 mil profissionais de saúde, metade deles médicos. Esses chamamentos foram essenciais para regularizar as escalas de plantão dos hospitais e já prepará-los para momentos como este. Mesmo assim, estamos ampliando anossa capacidade com plantões extras com o objetivo de trazer total segurança para o atendimento à população”, afirma o secretário Estadual de Saúde, André Longo.

Na Central de Regulação de Leitos de Pernambuco, cerca de 60 profissionais estarão atuando para agilizar processos que envolvam atendimentos, internamentos e transferências para outros serviços de saúde.

A estratégia de acompanhamento das ocorrências de saúde em tempo real, nos dias de folia, fará os registros de casos em grandes atrações, nos principais serviços de saúde e nas 12 Gerências Regionais de Saúde (Geres). A secretaria manterá plantões das 7h às 19h, em todos os dias de Carnaval (22 a 26). Além disso, as três referências estaduais para o novo coronavírus – Hospital Correia Picanço, Hospital Universitário Oswaldo Cruz e Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira – contarão com profissionais em plantões noturnos para acompanhar eventuais casos suspeitos. Cerca de 250 profissionais estarão envolvidos em todas as ações.

Cartilha

Além disso, a SES produziu 60 mil cartilhas bilíngues (português e inglês) e 2 mil cartazes com informações para os foliões pernambucanos e de outras áreas do país e do mundo saberem onde procurar atendimento de saúde. O material, que tem o mote No Carnaval preste atenção: cuide da sua saúde e brinque com moderação, traz endereços, telefones e especialidades das unidades de saúde da Região Metropolitana do Recife (RMR) e do interior. Toda a produção será distribuída para as 12 Gerências Regionais de Saúde (Geres), hospitais, Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e rede hoteleira, além de estar afixada em locais estratégicos.

A cartilha traz dicas de boas práticas sobre alimentação, hidratação, proteção solar, queimaduras, gripe e viroses, cuidados com as infecções sexualmente transmissíveis e anticoncepção de emergência, além de orientações sobre como evitar o mosquito Aedes aegypti, causador das arboviroses (dengue, zika e chicungunha) e também como evitar as infecções respiratórias, tão comuns nesse período. O material também está disponibilizado no portal.saude.pe.gov.br.


FECHAR