publicidade
11/02/20
Pernambuco já notificou mais de 1.100 casos de arboviroses (Foto: Pixabay/Banco de Imagens)
Pernambuco já notificou mais de 1.100 casos de arboviroses (Foto: Pixabay/Banco de Imagens)

Idosa de 81 anos morre com suspeita de arboviroses; é o 6º óbito do ano associado ao Aedes em Pernambuco

11 / fev
Publicado por Cinthya Leite em Blog - 11/02/2020 às 16:01

A Secretaria de Saúde de Pernambuco (SES) investiga a morte de uma idosa, de 81 anos, que adoeceu com sintomas sugestivos de dengue, zika e chicungunha. Ela morava em Olinda, no Grande Recife, e faleceu no dia 24 de janeiro deste ano, mas a notificação só foi divulgada no 5º boletim do ano de arboviroses da SES, que inclui dados até 1º de fevereiro. O óbito é o sexto registrado este ano, em Pernambuco, associado a dengue, chicungunha e zika. O número é maior do que o notificado no mesmo período de 2019, quando o Estado registrou quatro óbitos.

Todas as vítimas deste ano moravam em municípios do Grande Recife. Outros dois óbitos foram de homens (69 e 70 anos, do Recife e de Jaboatão dos Guararapes, respectivamente), além de mais duas mortes de mulheres (40 e 52 anos, de São Lourenço da Mata e de Moreno, respectivamente). O quinto óbito em investigação é de um bebê de 8 meses, que morava no Cabo de Santo Agostinho e faleceu no dia 20 de janeiro.

Além das mortes, o Estado confirma 10 casos classificados como dengue com sinais de alarme (dois a mais, em relação com o mesmo período de 2019), o que indica possibilidade de gravidade e geralmente desponta com sintomas como dor abdominal intensa e contínua, vômitos persistentes, hemorragias, queda de plaquetas e desconforto respiratório.

Os casos de dengue, segundo o balanço da pasta, também aumentaram. Os suspeitos saíram de 611 para 900, nos últimos sete dias, e estão distribuídos por 92 dos 184 municípios pernambucanos. Até agora, 122 casos foram confirmados. Os registros de adoecimento por suspeita de chicungunha e zika chegam a 165 e 54, respectivamente. Desse total, 11 foram confirmados para chicungunha.


FECHAR