publicidade
23/01/20
Baixa cobertura da vacina tríplice viral, em vários municípios brasileiros, facilitou a reintrodução do sarampo no País (Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem)
Baixa cobertura da vacina tríplice viral, em vários municípios brasileiros, facilitou a reintrodução do sarampo no País (Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem)

Menina de 1 ano é o primeiro caso confirmado de sarampo de 2020 em Pernambuco

23 / jan
Publicado por Cinthya Leite em Blog - 23/01/2020 às 16:27

Pernambuco confirma o primeiro caso de sarampo deste ano, segundo boletim da Secretaria Estadual de Saúde (SES). O paciente é uma menina de apenas 1 ano de idade, moradora de Paulista, município do Grande Recife. Ela começou a apresentar sintomas de sarampo no último dia 3. Além dessa confirmação, o Estado investiga mais 11 casos suspeitos da doença. Os dados correspondem à segunda semana epidemiológica de 2020, que inclui notificações feitas até o último dia 11 de janeiro.

Leia também:

Sarampo: Pernambuco investiga seus primeiros 14 casos de 2020; nova campanha de vacinação será em fevereiro

A cobertura vacinal da tríplice viral (protege contra sarampo, caxumba e rubéola), no Estado de Pernambuco está em 95,6% na primeira dose, mas permanece baixa na segunda dose: 77,2%. Para a Organização Mundial de Saúde (OMS), o ideal é que ambas as doses tenham, no mínimo, 95% de cobertura para garantir a proteção adequada contra as três doenças.

Para evitar que a população enfrente um surto da doença este ano, já está prevista a campanha nacional de vacinação contra o sarampo. Será entre os dias 10 de fevereiro e 13 de março, voltada para atualização do cartão de imunização para a faixa etária de 5 a 19 anos, com Dia D no dia 15/2. Já para o público-alvo de 30 a 59 anos, a campanha será no mês de agosto, com Dia D de mobilização em 22/8.

A incidência da doença avançou em diversas partes do mundo nos últimos dois anos e fez com que países como o Brasil, o Reino Unido e a Venezuela perdessem o certificado internacional de erradicação do sarampo.

Balanço

O Estado de Pernambuco terminou o ano de 2019 com 1.236 casos suspeitos de sarampo, dos quais 268 (21,9%) foram confirmados, 656 (53,1%) descartados e 291 (23,5%) ainda permanecem em investigação.


FECHAR