publicidade
17/11/19
Só entre idosos, são realizadas cerca de 80 mil cirurgias plásticas estéticas por ano no Brasil (Foto: Freepik/Banco de Imagens)
Só entre idosos, são realizadas cerca de 80 mil cirurgias plásticas estéticas por ano no Brasil (Foto: Freepik/Banco de Imagens)

Cresce procura por cirurgia plástica entre idosos no Brasil

17 / nov
Publicado por Cinthya Leite em Blog - 17/11/2019 às 17:40

Assistimos a uma revolução da longevidade e felizmente quanto mais pessoas chegam a idades mais avançadas, mais o processo de envelhecer é maturado. Nesta nova era sênior, a procura por cirurgias plásticas com fins estéticos tem aumentado entre idosos. O novo censo da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica traz números que surpreendem os especialistas. O percentual de procedimentos estéticos, a partir de 65 anos, passou de 5,4% para 6,6% entre 2016 e 2018.

Leia também:

“Pescoço de texto”: Especialista dá dicas para evitar dores causadas por uso de smartphones

À primeira vista, o aumento pode parecer pequeno, mas revela um cenário em expansão: só entre idosos, são realizadas cerca de 80 mil cirurgias plásticas estéticas por ano. Procedimentos nas pálpebras, cirurgia da face, rejuvenescimento das mãos, correção das rugas e manchas são os mais procurados por esse público. “São pessoas que querem manter a autoestima elevada durante o envelhecimento. Como muitos permanecem saudáveis na longevidade, não há receios em se submeter a um procedimento”, esclarece o cirurgião plástico Pedro Pita.

O médico nota, cada vez mais, um aumento no atendimento de pacientes a partir dos 60 anos. “Paralelamente a isso, vemos o quanto a indústria de cosméticos tem se expandido com opções para essa faixa etária”, informa Pita. Ele acrescenta que, nos consultórios, as maiores queixas estão relacionadas às pálpebras e às papadas. “São as áreas que mais incomodam os idosos.” É importante frisar que a cirurgia plástica, por mais simples que pareça ser, envolve escolhas – e a primeira (e mais importante) é selecionar o médico em quem confiar.

Amanhã, às 14h30, Pedro Pita e a diretora científica da Pharmapele, Luisa Saldanha, serão os entrevistados do programa Casa Saudável, da TV JC. Veja no facebook.com/PortalNE10 ou no site www.tvjc.com.br


FECHAR