publicidade
30/10/19
Campanha do HCP de conscientização sobr o câncer de próstata tem como objetivo estimular que os homens tenham mais atenção à saúde e façam seus exames regularmente (Foto: Rawpixel/Banco de Imagens)
Campanha do HCP de conscientização sobr o câncer de próstata tem como objetivo estimular que os homens tenham mais atenção à saúde e façam seus exames regularmente (Foto: Rawpixel/Banco de Imagens)

Novembro Azul: ‘não deixe para amanhã a consulta que você pode fazer hoje’

30 / out
Publicado por Cinthya Leite em Blog - 30/10/2019 às 16:55

O diagnóstico tardio é um dos principais motivos para o câncer de próstata ser o segundo tipo de tumor maligno que mais mata os homens, perdendo apenas para o câncer de pulmão. Com o objetivo de estimular que os homens tenham mais atenção à saúde e façam seus exames regularmente, possibilitando a detecção precoce da doença, o Hospital de Câncer de Pernambuco (HCP) lança a mobilização Não deixe para amanhã a consulta que você pode fazer hoje.

Leia também:

Câncer de próstata: nem sempre é preciso tratá-lo; urologista explica

“A campanha busca, de forma descontraída, mostrar aos homens que a saúde precisa ser uma prioridade e que a ida ao médico deve ser uma rotina, assim como é para as mulheres no caso dos exames preventivos. O urologista não cuida somente da próstata, mas do aparelho urinário e reprodutor como um todo. Então, é imprescindível para o homem ter uma vida saudável, fazendo visitas anuais ao profissional”, ressalta o oncologista clínico e superintendente geral do HCP Hélio Fônseca.

Segundo o urologista Leônidas Nogueira, coordenador do serviço de urologia do HCP, à medida que ocorre o envelhecimento, a próstata cresce naturalmente, causando alguns sintomas que se assemelham ao câncer de próstata, como dificuldade, dor ou ardor ao urinar e vontade frequente de urinar. “Independentemente de existir algum sintoma, todo homem a partir dos 45 anos (40 anos para quem tem histórico familiar) deve se consultar com o urologista anualmente e fazer o exame de sangue PSA. Mostrando alguma alteração, o médico faz o toque retal e, ao identificar algum nódulo, realiza a biópsia. Sendo câncer, a detecção precoce da doença aumenta em 80% as chances de cura”, destaca o médico.

A doença pode ser prevenida com a adoção de hábitos saudáveis (não fumar, evitar bebidas alcoólicas e manter um bom peso corporal), mas os principais fatores de risco são a hereditariedade e a idade (tanto a incidência quanto a mortalidade aumentam significativamente após os 50 anos). Por isso, é indispensável o acompanhamento médico. “Muitas vezes, os sintomas só aparecem no estágio avançado, prejudicando a agilidade do diagnóstico e, consequentemente, do resultado do tratamento. Por outro lado, os sintomas aparecem de forma gradativa e, por serem parecidas com doenças comuns do aparelho urinário, muitos homens não procuram um médico ao sentirem os primeiros sintomas”, destaca o urologista.

A próstata fica localizada abaixo da bexiga e faz parte do sistema reprodutor masculino. Ela é responsável por produzir e armazenar os nutrientes e fluidos que constituem o esperma e os deixam fortes para que ocorra a fecundação. “O tratamento do câncer de próstata gera consequências, independentemente do tratamento escolhido (cirurgia, radioterapia e/ou quimioterapia). Seja na fertilidade ou sexualidade, alterando a produção de sêmen e/ou a ejaculação. Esse é mais um motivo para que o homem cuide da sua saúde e tenha acompanhamento médico durante toda sua vida. O urologista é o médico responsável pelo trato urinário e genital”, Leônidas.


FECHAR