publicidade
17/06/19
Estudos comprovam o poder da natureza na melhoria da qualidade de vida (Foto: Freepik)
Estudos comprovam o poder da natureza na melhoria da qualidade de vida (Foto: Freepik)

Passar duas horas ao ar livre, por semana, em contato com a natureza, pode ser valioso para a saúde

17 / jun
Publicado por Cinthya Leite em Blog - 17/06/2019 às 11:08

Cada vez mais estudos comprovam o poder da natureza na melhoria da qualidade de vida. Um trabalho publicado, na quinta-feira (13), na Scientific Reports, revela que passar pelo menos duas horas por semana, ao ar livre, pode ser valioso na promoção da saúde e do bem-estar psicológico.

Os benefícios não foram verificados entre as pessoas que visitam parques e praias por menos de duas horas por semana. A pesquisa foi coordenada pela Universidade de Exeter, no Reino Unido, mas os resultados valem para populações de qualquer país.

Saiba mais

Estudo tem demonstrado como o contato com a natureza, mesmo que indiretamente, por imagens, pode ajudar a melhorar o ânimo de pacientes em tratamento contra o câncer. Coordenado pela pesquisadora Eliseth Leão, no Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein, o estudo demonstra como relação com a natureza pode ser um elemento de promoção da saúde.

Na primeira fase, houve mais de 28 mil avaliações de imagens da natureza produzidas pela própria equipe do estudo, com foco no bem-estar, que formou um banco de 450 fotos que podem ser usadas dentro dos hospitais em futuros procedimentos como este da pesquisa. A partir dessas imagens, um vídeo foi criado e apresentado a 78 pacientes durante sessões de quimioterapia. Os dados ainda estão sendo analisados, mas já mostram que o estado de ânimo deles no momento que começam a receber o medicamento melhora após a visualização do vídeo.

“Já foi possível notar que os aspectos negativos de preocupação e ansiedade são inibidos e os positivos, de tranquilidade, são aumentados. Espero que esta tendência seja mantida com o final do tratamento dos dados”, ressaltou Eliseth. Segundo a pesquisadora, há teorias que servem de base para estudos da influência da natureza no bem-estar das pessoas, como a teoria da recuperação psicofisiológica do estresse, mostrando que há uma reação restauradora imediata quando se está no meio da natureza.


FECHAR