publicidade
28/05/19
Objetivo da imunização é proteger a população dos altos riscos de complicações da gripe e até mortes (Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem)
Objetivo da imunização é proteger a população dos altos riscos de complicações da gripe e até mortes (Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem)

Gripe: na reta final, 321 mil pernambucanos ainda não se vacinaram

28 / maio
Publicado por Cinthya Leite em Blog - 28/05/2019 às 10:33

A campanha de vacinação contra a gripe segue até a próxima sexta-feira (31) para os mais de 321 mil pernambucanos que ainda não foram imunizados. Entre os grupos prioritários para a mobilização, estão crianças de 6 meses a 5 anos, gestantes, idosos e profissionais das forças de segurança e de salvamento. A meta é proteger 90% do público-alvo, formado por 2.644.685 pernambucanos. Até a noite da segunda-feira (27), o Estado já havia vacinado 2.323.012 pessoas, representando 87,84% da população que faz parte da estratégia.

O Programa Estadual de Imunização chama especialmente a atenção para a faixa etária infantil. Até o momento, foram vacinadas 624.787 crianças (83,02%), faltando mais de 127 mil. Esse foi o único grupo a não atingir a meta em 2018. Além disso, dos 1.043 casos de síndrome respiratória aguda grave (Srag) registrados este ano, 899 (86,19%) foram em meninos e meninas abaixo dos 6 anos. Em relação aos casos de gripe confirmados laboratorialmente, 63% foram em crianças de até 4 anos, o que reforça a importância da proteção.

Em todo o Brasil, 71,6% do público-alvo (42,5 milhões de pessoas) foram imunizados. Cerca de 16,8 milhões de pessoas ainda não se vacinaram e precisam procurar a unidade de saúde mais próxima para se proteger contra a gripe. Para diminuir a circulação dos vírus, é preciso que todas as pessoas que fazem parte do público prioritário da campanha se protejam. A vacina é a forma mais eficaz de evitar a doença.


FECHAR