publicidade
03/12/18
Entre as recomendações para se evitar o câncer de pele, estão medidas fotoprotetoras, como evitar horários de maior incidência solar, usar chapéus de abas largas, óculos de sol e filtro solar (Foto: Freepik)
Entre as recomendações para se evitar o câncer de pele, estão medidas fotoprotetoras, como evitar horários de maior incidência solar, usar chapéus de abas largas, óculos de sol e filtro solar (Foto: Freepik)

Câncer de pele: 10 mil casos a menos registrados no Brasil

03 / dez
Publicado por Cinthya Leite em Blog - 03/12/2018 às 11:26

Neste Dezembro Laranja, mês de campanha de conscientização sobre o câncer de pele, a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) volta a alertar a população para prevenção, diagnóstico e acesso ao tratamento da doença. Até março de 2019 (ou seja, durante todo o verão), a SBD promove ações educativas em redes sociais, ruas, praias e parques. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), para o biênio 2018/2019, a estimativa é de 165.580 mil novos casos de câncer da pele não melanoma, o que representa 10 mil casos a menos em comparação com o levantamento anterior, de 2016/2017.

“Tudo indica que as ações estão surtindo efeito. Parece que estamos no caminho certo”, diz o coordenador nacional da Campanha Prevenção ao Câncer da Pele da SBD, Joaquim Mesquita.

Leia também:

E este calor? Índice ultravioleta chega ao nível extremo no Recife antes mesmo do verão

As recomendações incluem a adoção de medidas fotoprotetoras, como evitar horários de maior incidência solar (das 10h às 16h), usar chapéus de abas largas, óculos de sol com proteção ultravioleta e roupas que cubram boa parte do corpo, além do uso diário de protetor solar com fator 30 ( no mínimo), reaplicado em intervalos de duas a três horas ou após longos períodos de imersão na água.


FECHAR