publicidade
20/03/18
A vacina é a principal ferramenta de prevenção e controle da febre amarela, mas tem suas indicações específicas. Nem todas as pessoas estão liberadas para se imunizar contra a doença (Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem)
A vacina é a principal ferramenta de prevenção e controle da febre amarela, mas tem suas indicações específicas. Nem todas as pessoas estão liberadas para se imunizar contra a doença (Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem)

Vacina contra febre amarela será ampliada para todo o Brasil

20 / mar
Publicado por Cinthya Leite em Blog - 20/03/2018 às 17:31

Na tarde desta terça-feira (20), o ministro da Saúde, Ricardo Barros, anunciou que vacina contra febre amarela será ampliada para todo o Brasil. A extensão será feita de forma gradual, iniciando em julho deste ano, nos Estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, sendo concluída até abril de 2019, quando a imunização passa a ser ampliada no Ceará e no Rio Grande do Norte. Em Pernambuco, a estratégia será iniciada a partir de março do ano que vem. Os estados de São Paulo, Rio de Janeiro de Bahia continuarão vacinando com a dose fracionada do produto.

Até abril de 2019, segundo o Ministério da Saúde, 1.586 municípios estarão incluídos como áreas com recomendação de vacina, atingindo 100% do território nacional. Segundo Ricardo Barros, a vacinação, em todo o Brasil, vem como uma medida preventiva e tem como objetivo antecipar a proteção da população para a doença em caso de um aumento na área da circulação do vírus. “Vamos atuar como prevenção, e não como emergência, como fizemos nos últimos anos. A população exposta ao vírus da febre amarela este ano é maior do que a de 2017. E não queremos essa realidade para o próximo ano”, destacou o ministro.

Assista ao programa sobre febre amarela na TV JC (transmitido em 18 de janeiro de 2018):

O Ministério da Saúde informa que encaminhou 68,9 milhões de doses da vacina aos Estados desde 2017. Para este ano, está prevista a distribuição de 49 milhões de doses para todo o País.


FECHAR