publicidade
22/10/17
Aedes aegypti transmite chicungunha, zika e dengue (Foto ilustrativa: Pixabay)
Aedes aegypti transmite chicungunha, zika e dengue (Foto ilustrativa: Pixabay)

Em PE, já são quase 90% dos municípios com risco elevado de surto de chicungunha, zika e dengue

22 / out
Publicado por Cinthya Leite em Aedes aegypti - 22/10/2017 às 17:58

A partir desta segunda-feira (23), o Brasil vivencia a Semana de Mobilização Contra o Aedes Aegypti, que vai até o dia 27. Em Pernambuco, apesar da redução (em comparação com o mesmo período de 2016 – ou seja, até outubro) nas notificações dos casos de dengue (87,6%), chicungunha (93,2%) e zika (94,1%), o Estado continua registrando uma alta presença de larvas do mosquito nos municípios. Isso acende o alerta para o risco de uma nova epidemia de arboviroses, segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES).

Leia também:

Síndrome do túnel do carpo pode surgir com a chicungunha? Médica responde essa e outras dúvidas

Escorpião: pesquisadores brasileiros investigam se veneno pode ser útil para tratar dores da chicungunha

De acordo com o último Levantamento Rápido de Índices para Aedes aegypti (LIRAa), divulgado pela SES com dados até 7 de outubro, 156 cidades (84,7% dos municípios pernambucanos) estão em situação de risco para transmissão elevada de dengue, chicungunha e zika, o que reforça a importância de ações implementadas pelo poder público e por toda a população para eliminar os focos do mosquito.

Confira os números em Pernambuco:

Dengue 
13.773 casos suspeitos
4.003 confirmados
178 municípios notificaram casos

Chicungunha
4.026 casos suspeitos
1.124 confirmados
136 municípios notificaram casos

 

Zika
654 casos suspeitos
Sem confirmações
90 municípios notificaram casos

Óbitos
101 mortes notificadas por arboviroses
1 confirmada para dengue
33 descartadas

Dados relativos ao período de 1/1/17 a 7/10/17


FECHAR