publicidade
12/04/17
Na feira ou no mercado, fique atento à pesagem, que deve ser feita na presença do consumidor e descontar a embalagem do produto (Foto ilustrativa: Pixabay)
Na feira ou no mercado, fique atento à pesagem, que deve ser feita na presença do consumidor e descontar a embalagem do produto (Foto ilustrativa: Pixabay)

Inmetro lista dicas para compra de peixe e chocolate na Semana Santa

12 / abr
Publicado por Cinthya Leite em Alimentação - 12/04/2017 às 16:34

A Semana Santa já está batendo na porta. O feriado cristão, além de remeter à morte e ressurreição de Jesus Cristo, lembra os itens mais vendidos da estação: os peixes e os diversos tipos de chocolate. Pensando em garantir a segurança dos consumidores, o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) elaborou uma lista de dicas para assegurar as compras seguras.

Leia também:
» Páscoa rima com chocolate
» O poder do selênio, encontrado nos brócolis, peixes e grãos
» Capriche nas receitas com peixe no almoço de Páscoa. A saúde agradece
» Sim, é tempo de degustarmos chocolate. Só não vamos exagerar

Confira:

1. De olho no peso do peixe

Na feira ou no mercado, fique atento à pesagem, que deve ser feita na presença do consumidor e descontar a embalagem do produto. Se desejar que o peixe venha embalado com gelo, para transporte, certifique-se de que o peixe foi pesado em separado. Você deve pagar somente pelo peixe, não pelo gelo. Na dúvida, use a balança: caso tenha dúvida quanto ao peso marcado ao comprar peixe em conserva, pré-embalado ou congelado, o consumidor pode usar balanças disponíveis no estabelecimento para conferência. Atenção: o peso líquido do pescado não considera o peso da embalagem.

2. A quantidade deve estar clara

Produtos pré-embalados como ovos de chocolate, bombons, chocolates e colombas devem apresentar, de forma clara, a indicação do peso líquido na embalagem. Esta indicação deve se referir somente ao peso do produto, desconsiderando o valor da embalagem (tara) e de eventuais brindes.

3. Tamanho não é documento

A numeração dos ovos de Páscoa serve apenas como referência para o fabricante. Um produto com número maior não necessariamente pesa mais: cada marca adota uma escala de tamanho diferente. O mais prudente é se orientar pela indicação do peso líquido do chocolate, que deve constar obrigatoriamente na embalagem.

4. Brinquedo, só com selo

Se houver brinquedo como brinde no ovo de chocolate, deve estar estampada na embalagem a frase: “ATENÇÃO: Contém brinquedo certificado no âmbito do Sistema Brasileiro de Avaliação da Conformidade”. O brinde deve, ainda, apresentar o selo do Inmetro. Não esqueça de checar a faixa etária do brinde. Confira se a embalagem do ovo informa a restrição de faixa etária do brinquedo ou contém uma frase que explicite que o brinde não apresenta restrição de idade, se for o caso. Nunca ofereça um brinquedo para crianças que estejam na faixa etária inferior a recomendada pelo fabricante.

5. Cuidado com embalagens e acessórios

Tenha cuidado com as embalagens dos ovos de Páscoa, pois podem oferecer riscos. Tiras, barbantes, grampos, sacos plásticos, cordões ou arames, frequentemente usados nesse tipo de produto, podem levar a danos físicos em crianças pequenas.

O órgão elaborou um vídeo explicativo sobre as dicas para uma Páscoa segura. Confira:


FECHAR