publicidade
01/10/16
Campanha prevê estratégias capazes de identificar e combater atitudes de preconceito frente ao envelhecimento (Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem)
Campanha prevê estratégias capazes de identificar e combater atitudes de preconceito frente ao envelhecimento (Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem)

Envelhecimento sem estigmas é tema de campanha no Dia Internacional do Idoso

01 / out
Publicado por Cinthya Leite em Blog - 01/10/2016 às 15:23

Ao cantar Envelhecer, o compositor Arnaldo Antunes sintetiza a passagem dos anos: “A coisa mais moderna que existe nesta vida é envelhecer”. Lembramos a frase neste Dia Internacional do Idoso (1º/10), quando a Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG) reforça campanha, em redes sociais (@SBGGOficial), para estimular as pessoas a compartilharem percepções sobre os idosos.

Leia também:

Imip realiza atividades gratuitas para marcar Dia Mundial do Idoso

Por um Recife mais acessível e amigo dos idosos

Geriatra fala sobre importância de as cidades se tornarem amigas dos idosos

Questões relativas à longevidade também mobilizam a Organização Mundial de Saúde, que divulgou pesquisa, na quinta-feira (29), sobre a atitude que a sociedade tem com as pessoas mais velhas. Foram ouvidas 83 mil pessoas de 57 países. O resultado: para 60% dos entrevistados, os idosos não são respeitados.

Para o presidente da SBGG/Regional Pernambuco, Sérgio Murilo Fernandes, o respeito não deve acontecer só na fila do banco. “Muitas vezes, o idoso quer ser produtivo, mas isso contrasta com a imagem de pessoa frágil que a sociedade tem dele”, diz o geriatra, ao chamar atenção para os estigmas. Para mudar essa percepção, o caminho é iniciar uma educação sobre longevidade na infância, já que precisamos nos preparar para o envelhecimento ainda jovem. Afinal, se tudo der certo, nosso caminho é envelhecer.


FECHAR