publicidade
05/07/16
aedes
aedes

Chicungunha e dengue: sobe para 33 o número de mortes confirmadas em Pernambuco

05 / jul
Publicado por Cinthya Leite em Aedes aegypti - 05/07/2016 às 12:27

Imagem de larvas do mosquito Aedes aegypti (Foto: Alexandre Gondim / JC Imagem)
Pernambuco já acumula 135.845 notificações de casos suspeitos das três arboviroses: dengue, chicungunha e zika. Aumento nas notificações de mortes preocupa especialistas (Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem)

Após passar semanas sem confirmar óbitos causados por arboviroses em Pernambuco, a Secretaria Estadual de Saúde (SES) divulgou, no boletim desta terça-feira (5), que há mais cinco mortes causadas por arboviroses no Estado. Ao todo, já são 26 óbitos confirmados por chicungunha e mais 7 para dengue. Os números se referem ao período de 3 de janeiro a 2 de julho deste ano.

Leia também:

>> Chicungunha: Cuidado e tratamento passam a ser oferecidos a altura do tamanho da dor

>> Dengue: Uma luta de 30 anos

>> Chicungunha: Confira os cuidados que podem ajudar a amenizar efeitos da doença

Entre as 33 mortes, 19 estão concentradas na faixa etária a partir dos 60 anos, o que reforça um alerta que especialistas têm feito há meses: os idosos formam uma população que está mais sujeita a complicações decorrentes das arboviroses, que têm deixado as autoridades de saúde e médicos de todo o Estado em alerta diante dos agravamentos que têm surgido e mudado de padrão na tríplice epidemia (dengue, chicungunha e zika).

Em 2015, no mesmo período, foram 50 óbitos suspeitos de dengue (até agora, já são 273 notificações) e 14 com resultado laboratorial positivo para dengue.

O boletim divulgado pela SES ainda mostra que o Estado já acumula 135.845 notificações de casos suspeitos das três arboviroses (dengue, chicungunha e zika). Desse total, 30.721 casos foram confirmados.


FECHAR