publicidade
16/02/16
carne-destaque
carne-destaque

Longe da anemia: Saiba como evitar a deficiência de ferro nas crianças

16 / fev
Publicado por Cinthya Leite em Alimentação - 16/02/2016 às 10:47

barrinhaCriancaSaudavel-v2

As carnes são a melhor fonte de ferro, pois fornecem o ferro de assimilação mais fácil (Foto: Heudes Regis/JC Imagem)
As carnes são a melhor fonte de ferro, pois fornecem o ferro de assimilação mais fácil (Foto: Heudes Regis/JC Imagem)

É fundamental os pais organizarem o cardápio dos filhos pensando em evitar as carências nutricionais, como a falta de ferro, que favorece o aparecimento da anemia e que pode ser frequente na infância (e em outras fases da vida), já que o ferro não é facilmente absorvido pelo organismo. “Absorvemos muito mais o ferro dos alimentos de origem animal. Dessa forma, o ferro de origem vegetal é pouco absorvidos por nós”, explica o pediatra e médico nutrólogo Homero Rabelo, doutorando em Saúde da Criança e do Adolescente pela Universidade Federal de Pernambuco.

Outro detalhe relatada pelo médico é que existem alimentos que prejudicam a absorção do ferro. Fazem parte dessa lista o leite, a banana e até a beterraba. “Assim, o popular suco de beterraba, cenoura e laranja não deveria ser uma rotina durante o almoço da criança, pois pode prejudicar a absorção do ferro das carnes”, orienta Homero.

Leia também:
» Adotar hábitos saudáveis na infância pode evitar doenças na fase adulta
» Teste seu conhecimento sobre alimentação saudável na infância
» Suplementação nutricional em creches deve reduzir em 40% casos de anemia

No Brasil, estudos apontam elevada prevalência de anemia em crianças dependendo da região e da faixa etária. A velocidade de crescimento aumentada, determinando maior necessidade de ferro, aliada à dieta inadequada nesse nutriente, tende a contribuir para a elevada prevalência de anemia, que tem sintomas de alerta. “Crianças com falta de ferro podem apresentar palidez, fastio e pouca disposição para fazer atividades diárias. Em casos de anemia muito grave, podem aparecer dificuldade no aprendizado e insuficiência cardíaca”, explica a pediatra Márcia Jaqueline Sampaio, do Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (Imip).

Para evitar a falta de ferro no cardápio das crianças, segundo a pediatra, o ideal é oferecer aos pequenos a melhor fonte de ferro: as carnes, incluindo o fígado de boi. “As folhas verde-escuras também devem fazer parte do cardápio balanceado nessa faixa etária. Os peixes são outra fonte de ferro, embora tenham uma biodisponibilidade do nutriente menor do que a da carne de boi”, frisa Márcia Jaqueline.

Ela acrescenta que, quando o pediatra percebe e comprova por meio de exames que a criança tem falta de ferro, pode-se indicar suplementação medicamentosa. “Mas isso deve ser feito sempre com indicação do médico, e nunca por conta própria”, alerta.


FECHAR