publicidade
31/08/15
vacina_Destaque
vacina_Destaque

A cada 40 minutos, uma criança com pneumonia é hospitalizada

31 / ago
Publicado por Cinthya Leite em Blog - 31/08/2015 às 7:04

Imagem de injeção (Foto: Photl.com
Para aumentar proteção contra pneumonia, Anvisa ampliou indicação da vacina Prevenar 13 para crianças e adolescentes entre 6 e 17 anos (Foto: Photl.com)

Só no primeiro semestre deste ano, os hospitais vinculados ao Sistema Único de Saúde (SUS) registraram 6.597 internações por pneumonia de crianças e adolescentes de 10 a 14 anos, segundo dados do Ministério da Saúde. Em média, é como se uma criança fosse hospitalizada a cada 40 minutos por causa da enfermidade. Trata-se, portanto, de uma doença que merece atenção em todas as faixas etárias, embora idosos e crianças menores ainda representem as populações mais suscetíveis.

Com o intuito de aumentar a proteção da população contra a pneumonia, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) ampliou neste ano a indicação da vacina Prevenar 13, da Pfizer, para crianças e adolescentes entre 6 e 17 anos, como já ocorre na Europa e nos Estados Unidos. A vacina protege contra os sorotipos 1, 3, 4, 5, 6A, 6B, 7F, 9V, 14, 18C, 19A, 19F e 23F, que estão entre os mais prevalentes em todo o mundo, incluindo o Brasil. Antes da ampliação, a vacina era indicada para crianças até 6 anos incompletos e adultos a partir dos 50 anos.

A necessidade da prevenção das doenças pneumocócicas, em especial da pneumonia, por meio da vacinação foi um dos assuntos discutidos em conferências internacionais do Congresso Brasileiro de Infectologia, que terminou no sábado (29) em Gramado, no Rio Grande do Sul.

Entre as doenças respiratórias, a pneumonia é a segunda causa mais comum de mortes e a primeira de internação. A pneumonia pneumocócica é o principal tipo de pneumonia adquirida em comunidade. Causada pela bactéria Streptococcus pneumoniae, conhecida também por pneumococo, a doença pode acarretar várias complicações, como insuficiência respiratória e cardíaca.


FECHAR