• Posição por posição, quem é melhor de Náutico e Santa Cruz? O Blog escolheu

    No último clássico pernambucano de 2014, a equipe do Blog do Torcedor avaliou, posição por posição, quem ganharia um duelo hipotético. O Santa domina amplamente essa ‘seleção’. E você, torcedor, quem escolheria?

    duelos-no-classico03

  • Confira os destaques desta sexta-feira

    destaques_0711

    Véspera do último clássico pernambucano de 2014. Dia de uma enxurrada de notícias. E o Blog foi atrás dos protagonistas de Náutico e Santa Cruz para preparar o torcedor para o jogo deste sábado. No Sport, o técnico Eduardo Baptista está confiante no garoto Joélinton. Mas ele terá ninguém menos que o Flamengo. Veja os destaques aqui:

    » Dado já venceu Canindé este ano, mas não vê vantagem nisso

    » Para Vinícius, Náutico deve atrapalhar o Santa

    » Leo Gamalho e a briga pela artilharia

    » Tiago Costa admite não estar cem por cento

    » Baptista confia no jovem atacante

  • Clássico das Emoções tem menos de dez mil ingressos vendidos

    Corais compraram todos os 4 mil ingressos. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem

    Corais compraram todos os 4 mil ingressos. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem

    O Clássico das Emoções pode ficar marcado por tudo, menos por um grande público neste sábado, na Arena Pernambuco. Isso porque foram vendidos menos de dez mil ingressos, 9.231 para ser mais preciso, até agora segundo informações da Arena.

    Destes bilhetes, 4 mil são destinados aos torcedores do Santa Cruz, que compraram todos os tickets à disposição. O Náutico não quis liberar mais ingressos para o rival. Já os alvirrubros adquiriram apenas 5.231 bilhetes, sendo 4.744 do programa Todos com a Nota.

    Náutico e Santa Cruz se enfrentam às 16h20. O Tricolor é quem tem a maior motivação, já que briga diretamente pelo G4. Ao Timbu resta a rivalidade e o desejo de bater os corais pela primeira vez no ano (foram duas derrotas e um empate na temporada).

    Confira os pontos de vendas dos ingressos:

    Sócios

    Secretaria do Náutico: sábado (08) das 8h às 11h;

    Bilheteria da Arena Pernambuco: sábado (08/11) das 13h às 17h20.

    Público geral

    Site da Arena Pernambuco: até às 13h do sábado (08);

    Bilheteria do Clube Náutico:  sábado (08) das 8h às 11h;

    Bilheteria da Itaipava Arena Pernambuco: sábado (08) das 13h às 17h20.

  • Confira o Replay desta sexta-feira

  • Santa Cruz: Tiago Costa admite não estar 100% recuperado

    Foto: Alexandre Gondim/Acervo JC Imagem

    Foto: Alexandre Gondim/Acervo JC Imagem

    Recuperado de dores na coxa direita, o lateral-esquerdo Tiago Costa está confirmado no time do Santa Cruz para enfrentar o Náutico neste sábado, na Arena Pernambuco. O jogador precisou ficar de fora dos treinos do Tricolor por três dias nesta semana e era dúvida para o Clássico das Emoções. Passando por uma reavaliação do departamento médico, o lateral treinou normalmente na última quinta e nesta sexta. Agora, fica à disposição do técnico Oliveira Canindé.

    >> Leia mais:
    Mais que capitães, goleiros de Náutico e Santa Cruz trazem confiança
    Zagueiros de Náutico e Santa já estiveram do outro lado no Clássico das Emoções

    “Minha situação ainda não está 100%, mas vou realizar mais trabalhos nesta tarde (de sexta). É um procedimento de trabalho que faz parte dos testes que combinei com o médico. Fiquei ausente por três dias porque senti muitas dores. Continuo sentindo um pouco, mas continuo o trabalho para me recuperar”, afirmou Tiago Costa.

    Do outro lado, na lateral-direita, Tony está vetado pelo DM porque ainda não se recuperou da entorse que sofreu no tornozelo direito na última rodada, durante o jogo contra o América/RN. Com o desfalque, sequer os jogadores do Santa Cruz sabem como o treinador deve escalar a equipe para enfrentar o Náutico. “Acho que ele ainda vai conversar com a gente na concentração, nos passar algumas informações sobre o adversário. É um jogo em que temos que estar atentos à marcação o tempo inteiro, pois não há favoritismo em clássico”, disse o jogador.

  • Pedro Carmona e Cassiano: Rivalidade só em campo

    Reportagem do programa Replay desta sexta-feira

  • Para Vinicius, Náutico deve atrapalhar o Santa Cruz na competição

    Foto: Diego Nigro/Acervo JC Imagem

    Foto: Diego Nigro/Acervo JC Imagem

    Faltando um dia para o clássico contra o Santa Cruz, o Náutico tenta voltar a vencer para se recuperar na tabela da Série B. O último resultado positivo do Timbu foi na partida contra o ABC, no último dia 11, quando venceu por 2×1. Já são quatro rodadas sem triunfo e o jogo deste sábado contra o Tricolor pode ser a oportunidade ideal para voltar às vitórias. Para o meia Vinicius, além dos três pontos, os alvirrubros podem aproveitar para complicar a vida do rival na competição.

    >> Leia mais:
    Mais que capitães, goleiros de Náutico e Santa Cruz trazem confiança
    Zagueiros de Náutico e Santa já estiveram do outro lado no Clássico das Emoções

    “Precisamos urgentemente voltar a vencer e sair desse momento ruim na tabela. O Náutico tinha emplacado uma sequência boa de resultados, chegado próximo ao G4, mas infelizmente veio essa instabilidade e as vitórias não vieram. Agora precisamos levantar a cabeça e conseguir essa vitória de qualquer jeito. Estaremos dentro de casa e estamos nos preparando para dar uma resposta positiva ao nosso torcedor. Além disso, é um clássico e podemos impedir o Santa Cruz de entrar no G4. Se tornou um dos nossos objetivos para esse jogo. Se não pudermos subir para a primeira divisão, vamos nos matar em campo e fazer de tudo para que o nosso rival também não consiga essa vaga”, comentou.

    Neste ano, as duas equipes já se enfrentaram três vezes – duas pelo Estadual e uma pela Segundona. No Pernambucano, um dos jogos terminou em um empate sem gols e no outro os tricolores venceram por 5×3. Pela Série B, o Santa Cruz também levou a melhor e venceu, no Arruda, por 3×0. Vinicius estava presente nos últimos quinze minutos de jogo e agora vive a expectativa de ser titular pela primeira vez em um Clássico das Emoções.

    “É uma motivação a mais, não tem como negar. E para esse jogo que além da rivalidade tem ainda a disputa por uma posição melhor e a luta pelo G4. Todos aqui estamos nos dedicando muito nos treinos, assimilando bem os pedidos do treinador e vamos com força total para trazer o resultado”, disse.

  • Zagueiros de Náutico e Santa já estiveram do outro lado no Clássico das Emoções

    Fotos: Acervo/JC Imagem

    Fotos: Acervo/JC Imagem

    Por Marina Padilha e Matheus Albino

    As transferências do mercado futebolístico também estarão em evidência no Clássico das Emoções entre Náutico e Santa Cruz, neste sábado, na Arena Pernambuco. Em cada um dos times há um jogador que trocou de lado nesse confronto. E ambos são zagueiros: William Alves, do lado alvirrubro, e Alemão, do tricolor.

    >> Leia mais: Mais que capitães, goleiros de Náutico e Santa Cruz trazem confiança

    Caso seja escalado pelo técnico Dado Cavalcanti, William Alves pode ser uma boa arma para o Timbu vencer o rival, já que seu último clube foi justamente o Santa Cruz. Com a camisa coral, o jogador disputou três clássicos das emoções – venceu dois e perdeu um. O que marcou a única derrota foi o último antes da transferência para os Aflitos e, mesmo com o resultado negativo, o Tricolor ainda eliminou o Náutico nas semifinais do Estadual de 2013.

    E ainda que já habituado à nova casa, o zagueiro afirma que ainda tem amigos no ex-clube, mas que prefere deixar a amizade de lado quando a bola começar a rolar. “Vou reencontrar muitos amigos, mas se trata de um clássico e todos querem a vitória”, afirmou. Desta vez não é uma final de campeonato, mas tem clima de decisão. Enquanto o Santa Cruz ainda luta por uma vaga entre os quatro primeiros colocados, o Náutico tenta garantir uma situação mais tranquila no meio da tabela para, quem sabe, lutar pelo acesso. “A motivação é grande independente das possibilidades de cada um no campeonato. Queremos a vitória para da moral à nossa equipe e somar o máximo de pontos possíveis. Nosso discurso de G-4 não é da boca pra fora”, disse William.

    Do lado tricolor, Alemão faz a sua estreia em clássico das emoções com a camisa coral. Mas pelo Náutico, o zagueiro já enfrentou o atual clube uma vez – também pelo Estadual de 2013, quando o Timbu foi derrotado por 2×0 pelo rival no segundo turno da competição. E, mesmo que tenha sido apenas um clássico das emoções, o jogador sabe bem o que esperar do jogo deste sábado. “Clássico é complicado, independente da situação do adversário. É um jogo onde não há favoritismo”, disse o jogador.

    Alemão chegou ao Náutico para disputar a Série A de 2012. Contratado para dar um reforço à defesa mais vazada da competição naquele ano, o jogador mostrou firmeza e carimbou uma vaga entre os titulares do time. Na temporada de 2013, no entanto, a queda de rendimento lhe rendeu o banco de reservas e o descontentamento da torcida. Ainda assim, chegou a ser indicado por Sandro Barbosa, então técnico do Santa Cruz para integrar a equipe, mas não foi daquela vez. Agora no Tricolor, fica apenas o respeito pelo ex-clube. “Vai ser um jogo qualquer, não tem que ser especial porque é contra o Náutico. Tenho respeito pelo time deles, mas agora estou no Santa Cruz e é o atual clube que quero ajudar”, afirmou.