• Santa Cruz: demissão de Sérgio Guedes pega jogadores de surpresa

    Imagem de Sérgio Guedes (preto) ao lado do assessor de imprensa do clube, Jamil Gomes (verde). Foto: Matheus Albino / Blog do Torcedor

    Imagem de Sérgio Guedes (preto) ao lado do assessor de imprensa do clube, Jamil Gomes (verde). Foto: Matheus Albino / Blog do Torcedor

    A diretoria do Santa Cruz resolveu demitir o técnico Sérgio Guedes, nesta quinta-feira, de sua função no clube devido aos maus resultados nas últimas rodadas. A notícia pegou os jogadores de surpresa que chegaram pela tarde para o treinamento que seria comandado por Guedes. Mas, o agora ex-técnico foi ao Arruda apenas para se despedir do grupo e da diretoria.

    Guedes sequer falou com a imprensa. O atacante Léo Gamalho, assim como os demais, lamentou a saída do treinador e disse como ficou sabendo de sua demissão. “Fui pego de surpresa, não sabia de nada. Vi na internet que ele estava saindo,  mas só soube quando cheguei no clube. Percebi pela movimentação de diretores no vestiário, então vi que alguma coisa de errado havia acontecido”, comentou Léo.

    Na opinião do atacante e artilheiro do time na temporada, Guedes não foi o único culpado pelas derrotas da equipe e espera que o novo técnico traga ânimo novo ao elenco. “Ele coloca o time e os jogadores é quem tem que dar a resposta são os jogadores. A culpa não é só do treinador, ele nos ajudou muito mas agora temos que continuar trabalhando”, disse. “Desejo muita sorte a ele”, completou.

    Treino

    Com a saída de Guedes, o auxiliar Adriano Teixeira comandou as atividades desta tarde no Arruda. O volante Memo, o meia Danilo Pires e o atacante Cassiano treinaram normalmente com bola e estão à disposição para o jogo do sábado, contra o Icasa, no Arruda, pela Série B.  O zagueiro Renato Silva e o atacante Betinho, ambos com lesões musculares na coxa, ainda não começaram a trabalhar com bola e seguem fazendo fortalecimento muscular.  Léo Gamalho e Renan Fonseca retornam ao time após cumprirem suspensão na última rodada.

  • “Santa Cruz se excluiu da Copa do Nordeste”, diz presidente da Liga

    Foto: Marina Padilha/Blog do Torcedor

    Foto: Marina Padilha/Blog do Torcedor

    Nesta quinta-feira começa a Copa Nordeste 2015 com a festa de lançamento e o sorteio dos grupos. O evento vai contar com a participação dos presidentes da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), José Maria Marin, e da Liga do Nordeste, Alexi Portela. Entre as novidades, a principal é a inserção de Maranhão e Piauí na competição – agora são 20 participantes, quatro a mais que a última edição.

    “Com isso a gente corrige um erro histórico que era a maneira que a CBF tratava o Nordeste com a exclusão desses dois estados. Foi algo solicitado pelas federações estaduais junto à CBF e à Liga e nós concordamos. Claro que, a princípio, eles ficam por três anos sendo avaliados, para que a gente veja como se comportam porque a Liga é independente, então vamos ver como esses estados vão agregar valor à competição”, disse Alexi Portela.

    Com isso, a taça da Copa do Nordeste passa a ter nove anéis, relacionados ao número de estados participantes. “Outra novidade é a criação do mascote da competição. Um cabrito, chamado Zeca Brito, pra mostrar a ligação do povo nordestino com a Copa”, comentou Portela.

    Foto: Nova taça da Copa do Nordeste. Foto: Marina Padilha/Blog do Torcedor

    Nova taça da Copa do Nordeste. Foto: Divulgação/Assessoria

    Mas nem tudo são flores na competição: “É uma tristeza que o Santa Cruz não esteja participando porque é um grande time”, lamenta o presidente. O Tricolor, quarto colocado do pernambucano neste ano acabou ficando de fora da competição, mesmo que o Sport já tivesse direito à vaga por ter sido campeão da Copa do Nordeste 2014.

    “O campeão participa e isso não aumenta a quantidade de vagas para o estado. Infelizmente o Santa Cruz não se classificou em campo. Foi excluído tecnicamente. Em momento algum foi tratada a inclusão do time”, explicou.

    Projeto social - A campanha “Nordeste Cuida” também deve ser anunciada na noite desta quinta, durante a festa de lançamento. Assim, a Liga vai definir projetos sociais que serão ajudados em cada edição.

  • Aílton assina contrato com o Santa Cruz nesta sexta

    Foto: Edmar Melo / JC Imagem

    Foto: Edmar Melo / JC Imagem

    Além de anunciar a saída do técnico Sérgio Guedes e dá pistas sobre o novo treinador, que deve ser Oliveira Canindé, o diretor de futebol do Santa Cruz, Constantino Junior, confirmou o acerto com o meia Aílton do Sport. O jogador será o substituto de Carlos Alberto que foi devolvido ao Atlético-PR e chega por empréstimo até o final do ano para o restante da Série B.

    “Está tudo certo entre Santa Cruz, Sport e o Aílton. O próprio Sport confirmou ontem (quarta-feira). Não seria nada inteligente de minha parte ficar escondendo algo que já está acertado”, afirmou.

    Aílton chega ao clube nesta sexta-feira para assinar contrato. Tininho elogiou o meia e disse que o próximo treinador vai ganhar um grande reforço para a Série B. “Ele vai agregar muita qualidade, quem assumir o time vai ter um bom reforço à disposição”, completou.

  • Santa Cruz: Constantino Junior elogia Oliveira Canindé, possível substituto de Guedes

    Constantino Junior. Foto: Matheus Albino / Blog do Torcedor

    Constantino Junior. Foto: Matheus Albino / Blog do Torcedor

    Após a demissão de Sérgio Guedes do comando técnico do Santa Cruz a diretoria se pronunciou sobre o assunto e explicou os motivos para a saída do treinador. O diretor de futebol, Constantino Junior, falou também sobre o nome mais forte que surgiu para assumir o clube, Oliveira Canindé, que estava no América-RN.  Zé Teodoro, bi-campeão Estadual com o clube, também está sendo especulado.

    ” O Santa Cruz vem comunicar o desligamento de Sérgio Guedes do cargo de técnico.  A decisão partiu após uma conversa amigável entre a diretoria e o técnico que se arrastou pela madrugada”, disse.  “Estamos trabalhando agora para anunciar o novo técnico, mas não conversamos com ninguém até que tudo fose acertado com o Sérgio. O Olivera é um grande treinador, vem de bons trabalhos, sempre elogia o Santa Cruz e tem o perfil que se encaixa no clube”, comentou.

    Tininho afirmou também que a decisão não partiu por causa da pressão da torcida que foi até contra a chegada de Guedes ao clube. “A decisão não partiu dele e nem por causa da pressão da torcida. Se fosse assim, já poderíamos estar no quinto técnico. Não contratamos sem critério, sempre analisamos e tivemos muito cuidado para trazer um novo treinador”, comentou.  Como não existe multa rescisória, o Santa terá que pagar apenas os salários que estão em débito com o treinador até o final do contrato.

  • Zé Teodoro: “Estou sempre aberto para o Santa Cruz”

    ze_teodoro_770

    Um dos nomes mais cogitados para substituir Sérgio Guedes no Santa Cruz é o do técnico Zé Teodoro. Ele foi demitido recentemente do ABC, está em Natal resolvendo as últimas pendências e mostrou muita vontade em voltar ao Arruda.

    “Fico feliz em ter meu nome lembrado pela torcida e pelos dirigentes. Isso é reflexo de muito trabalho no passado. Estou acertando minhas pendências em Natal e estou sempre aberto ao Santa Cruz. Sempre dizia- um dia tenho que voltar”, disse.

    Sobre o novo interesse do clube pernambucano ele avisou:

    “Não posso adiantar nada, mas fico muito contente com a lembrança”.

  • Santa Cruz – Empresário de Martelotte: “Não há chance”

    Foto: Guga Matos/JC Imagem

    Foto: Guga Matos/JC Imagem

    Um dos nomes na lista dos “preferidos” da torcida e da diretoria do Santa Cruz para assumir a vaga de Sérgio Guedes é o do técnico Marcelo Martelotte.

    Mas o treinador assumiu o América/RN há uma semana e tem contrato com o clube até 02 de dezembro.

    » Zé Teodoro: “Estou sempre aberto para o Santa Cruz

    » Oliveira Canindé diz que seria maravilhoso treinar o Santa Cruz

    O empresário de Marcelo Martelotte negou qualquer chance dele assumir o Santa Cruz.

    “Não há chance de Marcelo vir para o Santa Cruz. Nenhuma”, garantiu Joca Sloccowick, empresário de Martelotte.

  • Oliveira Canindé sobre o Santa Cruz: “Seria maravilhoso”

    Foto: Reprodução/UOL

    Foto: Reprodução/UOL

    Um dos nomes mais comentados pela torcida do Santa Cruz para assumir a vaga do técnico Sérgio Guedes, demitido nesta quinta, é o do treinador Oliveira Canindé, que recentemente deixou o América/RN.

    Em entrevista ao Blog do Torcedor,  Oliveira Canindé mostrou muita vontade em assumir o comando do Santa Cruz.

     » Dirigente do Santa elogia Canindé

    » Sérgio Guedes fora do Santa Cruz

    » Zé Teodoro: “Estou sempre aberto para o Santa Cruz

    » Empresário de Marcelo Martelotte descarta retorno

    “Pra mim é gratificante saber desse interesse. É uma equipe grande que todo treinador gostaria de trabalhar. Sempre falei que gostaria de trabalhar no Santa Cruz pela força da torcida. Conheço bastante a torcida por jogar contra e é muito forte a relação do time com o torcedor. Rejeitei algumas propostas esperando algo melhor. Seria maravilhoso trabalhar no Santa Cruz. Se acontecer, vai ser ótimo”, disse .

  • Sérgio Guedes fora do Santa Cruz

    Foto: Diego Nigro/Acervo JC Imagem

    Foto: Diego Nigro/Acervo JC Imagem

    Ontem o presidente do Santa Cruz garantiu a permanência do técnico Sérgio Guedes. Mas as palavras não se comprovaram. Na tarde desta quinta-feira foi anunciado: o técnico está fora do clube e não comanda a equipe no sábado contra o Icasa.

    Um dos cotados é Zé Teodoro, que deixou o ABC recentemente e tem muito prestígio com o executivo de futebol tricolor, Sandro Barbosa. Além disso, Teodoro comandou o tricolor entre 2011 e 2012, quando conquistou dois estaduais e o acesso para a Série C.

    » Constantino Júnior elogia Oliveira Canindé

    » Zé Teodoro: “Estou sempre aberto para o Santa Cruz

    » Oliveira Canindé diz que seria maravilhoso treinar o Santa Cruz

    » Empresário de Marcelo Martelotte descarta retorno

    Sérgio Guedes, 51 anos, chegou ao Arruda no dia 24 de abril deste ano. Esteve à frente da equipe Coral em 26 jogos. Desses, o time venceu nove, empatou dez e perdeu sete vezes. Ainda nesta quinta-feira a diretoria do clube vai conceder uma entrevista coletiva para explicar os motivos que levaram à demissão do treinador.