publicidade
13/06/18
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem

Bruno reconhece que o Náutico se acomodou após título estadual

13 / jun
Publicado por Wladmir Paulino em Náutico às 18:57

O goleiro Bruno foi o mais sincero possível ao analisar o desempenho do Náutico na Série C. Por mais que a vitória contra o Remo na última rodada tenha dado uma boa perspectiva ele apontou o time como acomodado após a conquista do título pernambucano. E por achar que teria moleza pela frente entrou em maus lençóis.

Leia mais:

> Wallace Pernambucano comemora recuperação física

> Náutico confirma as contratações de Assis e Suélinton

O maior exemplo é o sistema defensivo. De melhor no Pernambucano, fator preponderante para encerrar o jejum de 14 anos sem taças, o time vermelho e branco tornou-se a pior defesa da Série C, com praticamente os mesmos atletas. Os timbus tomaram 16 gols mesma quantidade do Joinville, lanterna do grupo B, gerando uma média de 1,77. Para se ter uma ideia esses gols tomados em nove jogos já superaram os 13 sofridos em 14 partidas do Campeonato Pernambucano – média de 0,92.

O setor ofensivo também sofreu um baque: 11 gols nas nove partidas, uma média 1,22 por partida. No Estadual foram 23 nos 14 confrontos, com média de 1,64.

“Acho que a gente se acomodou um pouco depois do título. Isso é um pouco normal mas não pode acontecer. A gente achou que ia passear na Série C e viu que é uma competição muito difícil, o campeonato mais difícil do ano para nós, com muitos times de qualidade, que batem de igual para igual conosco”.



FECHAR