publicidade
16/05/18
Corinthians fretou avião para ir à Venezuela e voltar direto para o Recife enfrentar o Sport. Foto: Divulgação/TV Corinthians
Corinthians fretou avião para ir à Venezuela e voltar direto para o Recife enfrentar o Sport. Foto: Divulgação/TV Corinthians

Corinthians levou comida e vai gastar R$ 1,5 mi para jogar na Venezuela e voar direto para o Recife

16 / maio
Publicado por Tiago Morais em Notícias às 17:12

Adversário do Sport no jogo marcado para o próximo domingo(20), na Arena de Pernambuco, o Corinthians montou uma operação logística que vai custar cerca de R$ 1,5 milhão. Nesta quinta-feira(17), o time paulista enfrenta o Deportivo Lara da Venezuela pela Libertadores e temendo a grave crise econômica que vive o país, levou alimentos e um cozinheiro para preparar as refeições da delegação.

Um funcionário do clube, esteve no país Sul-Americano dias antes da viagem da equipe para conhecer o local onde os corintianos estão concentrados e voltou com a preocupação com a escassez de alimentos na Venezuela, por isso o clube colocou na bagagem alimentos e até temperos para não mudar o cardápio dos jogadores e comissão técnica.

Leia Mais:

>Winck evidencia determinação do Sport para duelo contra o Corinthians

>Com queda de regra do veto, Sport encara Corinthians sem dois titulares no meio-campo

>Sport divulga valores e cronograma de ingressos para jogo contra Corinthians

Logística para a equipe


Se antes a expectativa é que viesse ao Recife para jogar contra o Sport em São Lourenço da Mata com o time reserva, o fator logístico mudou esses planos. O técnico Fábio Carille pode até colocar um time misto em campo, mas vai estar com todos os seus jogadores em solo pernambucano, pelo menos é o previsto.

Isso porque sem voo direto de Caracas para o Recife, o Corinthians fretou um avião para levar o time até Barquisimeto, cidade que fica à 363 quilômetros da capital, e de lá virá direto para a capital pernambucana. Para essa operação logística o clube vai desembolsar todo o valor, uma vez que a Conmebol não custeia passagens e dentro do Brasil a CBF até paga, mas como o fretamento do avião é para escala internacional, não entra no prospecto do Campeonato Brasileiro.

Dos jogadores, apenas Emerson Sheik deve vir de São Paulo, uma vez que foi expulso na última partida do Corinthians contra o Independiente, e o lateral-direito Fagner, convocado por Tite para a Copa do Mundo, também não deve estar em campo, ainda se recupera de lesão e não deve estar 100% para atuar.



FECHAR