publicidade
16/04/18
Técnico recebeu convite do Santa Cruz. Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Técnico recebeu convite do Santa Cruz. Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

Aceitação de Dal Pozzo a convite do Santa Cruz requer paciência

16 / abr
Publicado por Karoline Albuquerque em Instant Articles às 21:26

O técnico Gilmar Dal Pozzo foi contactado pelo Santa Cruz para assumir o comando da equipe após a saída do treinador Júnior Rocha rumo ao CRB. Na noite desta segunda-feira (16), o ex-comandante alvirrubro falou sobre o convite feito pelo Tricolor em entrevista à Rádio Jornal e explicou que a situação requer paciência.

“Recebi uma ligação e um convite do Fred (Gomes, executivo de futebol). Ele me ligou fazendo o convite. Fiquei muito feliz por esse reconhecimento e por ter jogado no Santa Cruz também. Tratei da seguinte forma, como tratei também o CRB, que me fez convite no sábado. Ficou em tratativas, negociações no final de semana. Eu tenho um projeto, uma negociação de um clube que vai se definir até na quinta-feira”, explicou.

LEIA MAIS:

Dirigente diz que Júnior Rocha não pretende tirar nenhum jogador do Santa Cruz

Lateral confirma vazamento de conversa e pede desculpa ao Santa Cruz

VP de futebol do Santa Cruz desconsidera chateação por saída de Júnior Rocha

O técnico acrescentou que a mesma condição que tratou com o clube regatiano, utiliza com a Cobra Coral neste momento. Como o Galo da Pajuçara não teve paciência de esperar, que é quando Dal Pozzo terá uma definição do projeto, não prosseguiu com o treinador.

“O Santa Cruz não sei se vai fazer isso. Cada um segue com seu planejamento. Até quinta-feira tenho esse projeto em andamento que a gente deve definir, talvez possa acontecer antes. Se tiver uma definição antes de quinta-feira, a gente prossegue. Mas a princípio, vamos esperar essa negociação se vai dar certo ou não”, emendou.

Gilmar Dal Pozzo não deu detalhes do projeto, mas explicou que é algo para o que está se preparando há seis meses, desde que deixou o comando do Juventude, no Campeonato Brasileiro da Série B 2017. “E se não der, estou livre no mercado”, concluiu.



FECHAR