publicidade
29/03/18
Foto: Léo Lemos/ Ascom Náutico
Foto: Léo Lemos/ Ascom Náutico

Náutico empata e por um gol está fora das quartas da Copa do Nordeste

29 / mar
Publicado por Tiago Morais em Instant Articles às 23:45

O Náutico repetiu o placar do jogo da primeira fase e agora no estádio Albertão em Teresina-PI, empatou com o Altos por 2×2 na noite desta quinta-feira(20). Em um jogo no qual o técnico Roberto Fernandes ousou mais ainda ao colocar reservas,  mesclando com alguns jogadores experientes mas que não estão no time principal, o resultado que classificaria o Timbu não veio. No outro jogo da rodada, o Bahia fez o resultado que deixava os alvirrubros dependendo apenas de uma vitória simples para avançar, triunfo este que não aconteceu e por um gol, a equipe de Fernandes ficou pelo caminho na competição regional.

Timbu abre o placar

O domínio do Náutico já era notável. Nos primeiros dez minutos de jogo o Altos-PI só fez um chute e na jogada mais perigosa, o atacante estava impedido. Já a equipe de Roberto Fernandes criava, chegava mas errava no terço final do campo. A melhora veio com um escanteio cobrado, e na jogada Rafael Ribeiro de cabeça empurrou para a rede. Gol do Náutico aos 13 minutos do primeiro tempo.

Altos-PI melhora e comemora

Com o gol sofrido, o Altos mudou sua forma de jogar, para o Náutico os erros permaneceram que apesar do gol não diminuiu a quantidade de jogadas desperdiçadas, com isso o time do Piauí foi se ajustando e criando chances com Manoel, e é feliz quando depois de um escanteio a bola toca no braço do lateral Bryan e o juiz marca pênalti. O volante Dos Santos cobra e deixa tudo igual.

Nesse instante do jogo, o Altos já se tornou mais perigoso que o Náutico e  contou com a ajuda do erro da arbitragem para virar o placar no primeiro tempo. Jogada pela direita bola lançada, Esquerdinha em posição de impedimento toca de cabeça, Bruno faz defesa parcial e a bola cai nos pés de Manoel. O atacante tem o trabalho apenas de empurrar pro gol e comemorar. Virada do time do Piauí.

Empate no apagar das luzes

Precisando apenas de seus gols para garantir a classificação, uma vez que no jogo em Salvador, o Bahia abriu 2×0 na Arena da Fonte Nova, e com esse placar bastava o Náutico vencer. Mas perdendo no primeiro tempo, ficaria difícil. Então nos acréscimos, para melhorar a situação e dar esperança aos alvirrubros, Jobson chegou chutando depois de um rebote de Gideão, e comemorou o empate no finzinho do primeiro tempo.

Segundo tempo com mudanças

Logo para a segunda etapa, o Náutico já veio mudado para o jogo. Daniel Bueno entrou no lugar de Clebinho, para dar uma referência maior no ataque do Timbu. Depois Roberto Fernandes saca Fernandinho e coloca Rogerinho em campo, para ver se a equipe melhora mas o Altos, dedicado em campo, é mais perigoso e até os 20 minutos manda no jogo.

Por uma bola

A chuva apertou, aumentou o volume de água no campo depois dos 30 minutos do segundo tempo. Jogada trabalhada virou item raro, mas mesmo assim o Altos foi quem teve as melhores oportunidades na etapa final mas o placar não mudou em relação aquilo que foi construído no primeiro tempo. Ficou mesmo no 2×2.

Ficha do Jogo

Altos-PI

Gideão; Tote(Wagner), Leone, Allison e Netinho(Everton); Marconi, Dos Santos, e Esquerdinha; Alex Mineiro(Douglas), Joelson e Manoel.Técnico: Paulinho Kobayashi. Esquema: 4-3-3

Náutico

Bruno; Bryan(Luiz Henrique), Rafael Ribeiro, Richard e Gabriel Araújo; Hygor, Jobson e Wendel; Clebinho(Daniel Bueno), Fernandinho(Rogerinho) e Odilávio. Esquema 4-3-3

Gols: Dos Santos e Manoel(Altos), Rafael Ribeiro e Jobson (Náutico) / Cartões Amarelos: Dos Santos, Esquerdinha, Tote. Alex Mineiro(Altos), Bryan (Náutico)

Copa do Nordeste 2018 (6ª rodada do Grupo C). Local: Estádio Albertão, Teresina (PI). Árbitro: Avelar Rodrigo da Silva – CE (CBF). Assistentes: Anderson Moreira de Farias – CE e Renan Aguiar da Costa – CE (ambos da CBF).

 



FECHAR