publicidade
13/03/18
Meia mantém boas expectativas para partida. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Meia mantém boas expectativas para partida. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem

Meia do Sport revela estar confiante para o Clássico das Multidões

13 / mar
Publicado por Maria Lua Ribeiro em Instant Articles às 12:10

Autor do único gol do Sport no empate em 1×1 diante do Santa Cruz na última quarta-feira, o meia leonino Thomás revelou que está confiante para a disputa pela vaga nas semifinais do Campeonato Pernambucano. O atleta destacou a importância do tempo que a equipe rubro-negra está tendo para descansar, ao contrário do tricolor que jogou no fim de semana pela Copa do Nordeste.

“Acho que é, porque o Nelsinho tem trabalhado bastante. A gente tem um pouco de tempo livre para treinar mais e encaixar mais a equipe, acertar alguns erros, melhorar outras coisas também. Mas quando começam os 90 minutos, é garra, é vontade de cada um. Todo mundo esquece quem jogou sábado, quem não jogou e cada partida é de um modo. Dá para tirar uma vantagem disso. Mas clássico é decidido dentro de campo. Não tem muito mistério. Quarta-feira vai ser um bom jogo”, disse.

LEIA MAIS:

VP do Sport pede tranquilidade no clássico: “precisamos ter respeito pela vida humana”

Toda novela e seriado têm fim, até a da negociação de Rithely

Flamengo parabeniza Recife e é ironizado por torcida do Sport

Apesar de ter evidenciada a confiança para o clássico, o jogador evitou falar de favoritismo, e disse que tudo deve ser tratado com equilíbrio e cautela. “Eu chego bem nesse jogo, confiante. Sempre estive confiante. Mas acredito que tudo na vida é equilíbrio. Não é porque eu fiz um gol agora que sou o melhor jogador. Como não é quando eu perdi o pênalti duas semanas atrás que eu fui o pior. Acredito que tudo na vida é equilíbrio”, reforçou.

Thomás, que beijou o escudo no último jogo após o gol, e emocionou a torcida rubro-negra, demonstrou que está mesmo vestindo a camisa do Sport. “Eu sempre confio no trabalho que eu faço aqui todo dia, sou um cara que trabalho muito sério e prezo muito por isso, pelo grupo, pelo trabalho. Chego confiante, chego feliz e se tiver que entrar, se tiver que jogar um minuto ou 90 minutos, vou doar 110% para o Sport se classificar e conseguir essa vitória”.


FECHAR