publicidade
13/01/18
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

Nos pênaltis, Náutico vai à fase de grupos da Copa do Nordeste 2018

13 / jan
Publicado por Karoline Albuquerque em Instant Articles às 18:18

Com pressão e sufoco, em um tempo para cada um, a última vaga na fase de grupos da Copa do Nordeste 2018 foi decidida nos pênaltis. O Náutico garantiu a vaga ao fazer 5×4, já nos alternados, e tirou o Itabaiana do regional. O jogo foi completamente diferente da partida de ida. Se o jogo em Sergipe deu calos nas vistas, o da Arena de Pernambuco foi mais agradável na tarde deste sábado. Não que seja um futebol do mais alto nível, mas as equipes buscaram o ataque e pressionaram o adversário em campo.

Além dos R$ 500 mil no bolso, o Náutico entra no grupo C da competição, junto a Altos-PI, Botafogo-PB e Bahia. A estreia é na quarta-feira (17), diante do time piauiense, em casa, às 19h (horário do Recife).

JEFFERSON

Com o técnico Roberto Fernandes bastante enérgico do lado do campo, o primeiro tempo teve uma apresentação muito melhor, por parte dos dois times, do que o jogo de ida inteiro da seletiva. E mesmo que o futebol em campo fosse mais agradável do que o da segunda-feira, o Náutico sentiu dificuldades na saída de bola, com o Itabaiana apertando a marcação.

Logo aos nove minutos, o goleiro Jefferson começou a mostrar o motivo de ter agradado à torcida alvirrubra desde que assumiu a camisa 1 do time. Douglas recebeu cruzamento na área, chegando por fora, e chutou para o gol. O arqueiro Timbu estava atento no lance e fez boa defesa, com a zaga completando para afastar.

A resposta do Náutico exigiu do goleiro adversário, mas não tanto quanto a Jefferson. Aos 12 minutos, a zaga do Itabaiana cochilou, o lateral Thiago Ennes cruzou na área e o atacante Daniel Bueno obrigou Weide Andrade a fazer defesa. Só que o defensor alvirrubro seria mais uma vez acionado. Mais uma vez, Douglas foi quem mandou para o gol. Acompanhando a bola, Jefferson conseguiu defender. Equivocadamente, a arbitragem marcava impedimento do ataque do Itabaiana.

CHANCE

Se o Itabaiana teve as suas oportunidades claras de gol interrompidas por um atendo Jefferson, o Náutico chegou com perigo real à meta adversária apenas no último minuto do primeiro tempo. Aos 48, o lateral Gabriel Araújo, que vem cobrando as faltas pelo Timbu, caprichou no tapa na bola parada. A pelota foi em baixo, no cantinho direito, e o goleiro Weide Andrade chegou a tempo para defender.

náutico, RB
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

OFENSIVIDADE

Diferente do primeiro tempo, o Náutico iniciou a etapa final dos 180 minutos muito mais ofensivo e intenso. No primeiro minuto, Hygor recebeu cruzamento de Wallace Pernambucano na grande área, se esticou, mas não alcançou para mandar para o gol. Depois, Fernandinho levantou na área pela esquerda e Weide Andrade saiu de soco para afastar.

Aos nove minutos, Hygor mais uma vez foi quem chegou perto. Gabriel Araújo cobrou falta, volante cabeceou e a bola passou por cima do gol do Itabaiana. Dois minutos após, o lateral alvirrubro aproveitou rebote fora da área, a bola quicou na frente do goleiro e defensor do Tremendão caiu para defender.

MAIS UMA VEZ JEFFERSON

A primeira chance do Itabaina nesta etapa foi de bola parada. Wágner cometeu falta em Euzébio na intermediária e Juninho foi para a cobrança. Com o chute fechado, o goleiro Jefferson espalmou para defender, com a defesa completando para afastar. Aos 38 minutos, Léo Lima tentou levantar a bola na área e mandou direto para fora.

PRESSÃO ALVIRRUBRA

O Náutico seguiu pressionando o Itabaiana no fim do jogo. Jobson cobrou falta na direção do gol, totalmente diferente do primeiro jogo, e Andrade subiu para subir. Depois, Gabriel Araújo cruzou, Medina tocou para dentro e defesa do Itabaiana afastou. Na sequência, Jobson levantou bem na área, Medina cabeceou para baixo no canto e goleiro saiu para defender, aos 42 minutos.

PÊNALTIS

O jogo precisou ir para os pênaltis. Para o Náutico, marcaram Daniel Bueno, Camutanga e Clebinho. No lado do Itabaiana, Salatiel, Eduardo e Ramon. Jefferson defendeu a de Léo Lima e Juninho isolou. Andrade defendeu os chutes ed Gabriel Araújo e Jobson. Nos alternados, Mica marcou para o Itabaiana e Hygor igualou. Jefferson defendeu o chute de Douglas e Medina colocou o Náutico na fase de grupos da Copa do Nordeste 2018.

FICHA DA PARTIDA – NÁUTICO 0 x 0 ITABAIANA

Náutico: Jefferson; Thiago Ennes (Wágner), Rafael Ribeiro, Camutanga e Gabriel Araújo; Negretti, Hygor e Wallace Pernambucano (Jobson); Medina, Daniel Bueno e Fernandinho (Clebinho). Técnico: Roberto Fernandes

Itabaiana: Weide Andrade; Carlos Henrique (Euzébio), Diego Bispo, Ramon e Juninho; Mica, Eduardo, Léo Lima e Bida; Douglas e Paulinho Macaíba (Moisés/Salatiel). Técnico: Gilberto Pereira

Seletiva da Copa do Nordeste (volta). Local: Arena de Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE). Árbitro: Pablo dos Santos Alves (PB) Assistentes: Oberto da Silva Santos e Tomaz Diniz de Araújo (ambos da Paraíba) Cartões amarelos: Juninho e Eduardo (I), Thiago Ennes (N) Público: 4.805 Renda: R$ 51.045



PUBLICIDADE
FECHAR