publicidade
18/11/17
Vila Nova venceu, mas como dependia de outros resultados, não alcança mais o G4. Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Vila Nova venceu, mas como dependia de outros resultados, não alcança mais o G4. Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

Náutico perde para Vila Nova e assume lanterna da Série B

18 / nov
Publicado por Karoline Albuquerque em Instant Articles às 18:28

Já não vale mais nada para o Náutico, mas valia a luta pelo G4 para o adversário Vila Nova. Na tarde deste sábado (18), o Timbu recebeu o time goiano no Arruda e perdeu por 2×1, pela 37ª e penúltima rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. A vitória, porém, não ajudou e acabou com as chances do Tigre na briga pelo acesso, pois os . Os gols do adversário foram marcados por Jenison e Alan Mineiro e Bruno Mota descontou para o Alvirrubro pernambucano.

LANTERNA

A derrota empurrou o Náutico para a lanterna da Segundona, algo que não tinha desde a 20ª rodada. O Timbu segue com apenas 32 pontos somados na competição. Do outro lado, o ABC, antigo dono da 20ª colocação, venceu o Oeste por 2×0 e chegou a 34 pontos, passando também o Santa Cruz e chegando na 18ª colocação.

PAGANTES

Jogando no estádio do Arruda e com ingressos entre R$ 15 e R$ 30, apenas 119 torcedores pagaram pelos bilhetes para ver o jogo. No total, 286 acompanharam a partida da penúltima rodada.

DESTAQUE NAS MÃOS

Se o jogo estava sonolento e fraco tecnicamente, pelo menos alguém teve espaço para chamar atenção. O goleiro Busatto, titular alvirrubro nestas últimas rodadas da Série B, fez boas defesas, tanto no primeiro como no segundo tempo de jogo. Aos 22 da etapa inicial, ele fez boa defesa após Alan Mineiro cobrar escanteio e Wesley Matos cabecear para o gol. Depois, Fagner passou pela marcação de Léo Carioca, chutou ao entrar na grande área e o arqueiro mais uma vez defendeu.

Ainda no primeiro tempo, em mais uma jogada de Alan Mineiro na área, Busatto subiu para defender e se chocou com Jenison no lance. No segundo tempo, foi a vez de Mateus Anderson receber bom passe na área e o goleiro mais uma vez defender. Ele também impediu um chute de Alípio, após receber de Alan Mineiro.

RB, náutico, vila nova, busatto
Busatto se destacou, apesar da derrota do Náutico. Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

CHANCE

A oportunidade mais próxima do primeiro tempo de jogo saiu nos acréscimos. Aos 46 minutos, Wesley Matos cometeu uma falta forte na intermediária e o lateral alvirrubro Ávila se posicionou para a cobrança. O jogador Timbu cobrou bem, mandando no ângulo. Por muito pouco, a bola bateu na trave e saiu.

QUESTÃO DE TEMPO

As insistências do Vila Nova pararam em sua maioria nas mãos do goleiro Busatto. Exceto uma vez. Logo aos três minutos do segundo tempo, a bola sobrou para Jenison depois de um cruzamento do Tigre passar pela defesa alvirrubra. O jogador não titubeou, aproveitou a oportunidade e mandou para o gol, abrindo o placar.

JOGADA CERTA

Com dois jogadores que entraram no segundo tempo, o Náutico conseguiu empatar e sair do jogo sem perder. O volante Cal Rodrigues, atuando na lateral após Rafael Ribeiro sentir dores e não ter mais como ser substituído, avançou pela direita alvirrubra e mandou um belo cruzamento na área adversária. O meia Bruno mota, também há pouco tempo em campo, subiu bem e cabeceou para empatar em 1×1.

PÊNALTI

Parecia que o Timbu ia sair de seu último jogo como mandante na temporada com ao menos um empate. Mas não foi o que aconteceu. Já nos acréscimos, o zagueiro Aislan derrubou Maguinho na grande área, recebeu amarelo e o árbitro marcou pênalti. Alan Mineiro foi para a cobrança, deslocou o goleiro Busatto, que caiu para a direita, e chutou na esquerda, balançando as redes e fechando o placar em 2×1.

FICHA DA PARTIDA – NÁUTICO 1 x 2 VILA NOVA

Náutico: Busatto; Rafael Ribeiro, Aislan, Léo Carioca (Bruno Mota) e Ávila; Renan Paulino, Jobson (Amaral) e Rafinha; Leilson, Gerônimo e Iago (Cal Rodrigues). Técnico: Roberto Fernandes

Vila Nova: Luís Carlos; Maguinho, Alemão, Wesley Matos e Gastón; Geovane, Fagner e Alan Mineiro; Mateus Anderson (Walyson), Ruan (Alípio) e Jenison (Fernando Medeiros). Técnico: Hemerson Maria

Série B (37ª rodada). Local: estádio do Arruda, no Recife (PE). Árbitro: Grazianni Maciel Rocha (RJ) Auxiliares: João Luiz Coelho de Albuquerque e Wendel de Paiva Gouveia (ambos do Rio de Janeiro) Gols: Jenison (V), aos 3′ do 2T, e Alan Mieniro (V), aos 46′ do 2T, e Bruno Mota (N), aos 36′ do 2T Cartões amarelos: Fagner (V), Wesley Matos (V), Walyson (V) e Aislan (N) Público: 286 (119 pagantes) Renda: R$ 2.250


FECHAR