publicidade
14/11/17
São Petersburgo sediou a final da Copa das Confederações deste ano. Foto: AFP.
São Petersburgo sediou a final da Copa das Confederações deste ano. Foto: AFP.

São Petersburgo quer retomar centro para recuperar torcedores embriagados na Copa

14 / nov
Publicado por Wladmir Paulino em Náutico às 11:11

Preocupado com o elevado consumo de bebidas alcoólicas durante a Copa do Mundo, o governador de São Petersburgo, Gueorgui Poltavtchenko, na Rússia, que recuperar antigos centros para recuperar pessoas embriagadas. Eles funcionariam de forma independente sem a ajuda de hospitais. Esse tipo de serviço era comum quando o país ainda era uma das repúblicas da antiga União Soviética.

O problema é que esses centros, na prática, curadores de ressaca, não tratavam os pacientes com o mesmo cuidado disponibilizado por uma junta médica. “Precisamos criar instituições independentes para onde possamos trazer essas pessoas. Vamos encontrar recursos para isso”, disse.

Leia mais:

Brasil enfrenta a Inglaterra no primeiro teste ‘europeu’ de Tite

O mandatário russo diz que o alcoolismo é um problema que se torna mais atual às vésperas da copa. A Rússia já convive com esse problema historicamente, pois tem um dos mais elevados índices de consumo de bebida – o país é o campeão mundial quando a assunto é vodca, por exemplo.

Esses centros de recuperação de ressaca foram extintos progressivamente a partir da queda do império comunista. O último deles foi fechado em 2011. A cidade vai receber sete partidas do Mundial, inclusive uma das semifinais e a disputa do terceiro lugar.



PUBLICIDADE
FECHAR