publicidade
13/11/17
Foto: Guga Matos/JC Imagem
Foto: Guga Matos/JC Imagem

Santa Cruz recebe o Paraná ainda sob ameaça de greve

13 / nov
Publicado por Wladmir Paulino em Notícias às 22:20

Com o rebaixamento para a Série C já consolidado, o Santa Cruz entra em campo para cumprir tabela diante do Paraná, nesta terça-feira (14) ainda tem o cenário negativo extra-campo com a ameaça de greve dos atletas ainda pairando no ar. Será o penúltimo jogo do Tricolor em casa na temporada, que terá pela frente uma equipe que precisa da vitória para manter-se firma na briga por uma vaga na primeira divisão.

A véspera do jogo foi o ápice do clima ruim que ronda o Arruda. A imprensa foi proibida de chegar perto dos jogadores e não houve entrevista coletiva, nem mesmo do técnico Marcelo Martelotte, que normalmente é o entrevistado nas vésperas dos jogos.

Enquanto o grupo treinava no gramado do Arruda, o presidente Alírio Moraes se reunia com o presidente do Sindicato dos Atletas Profissionais de Pernambuco, Ramon Ramos e o presidente da Federação Pernambucana de Futebo, Evandro Carvalho. A pauta era mostrar que o clube tem recursos a receber e tentar demover os atletas de uma paralisação que implicaria em perder o jogo desta terça por W.O.

“Asseguro que não há possibilidade de W.O.. Os jogadores sabem das dificuldades que o clube vem enfrentando, sabem do esforço. Estávamos ajustando os prazos prováveis de receita que o clube tem, de modo que possa sanar seu passivo dentro de uma regularidade, disse Evandro.

Ramon também acredita que o jogo correrá normalmente e explicou que a proposta dos dirigentes foi saldar um mês de débito com a comissão técnica e os funcionários, que são os profissionais com a situação mais complicada – alguns com até seis meses sem receber – até o limite dado pelo ofício entregue pelo sindicado ao clube: 15h desta terça.

Dentro dessa proposta os atletas receberiam mais um mês na próxima semana e, posteriormente, o presidente do Santa assinaria um Termo de Ajuste de Conduta, assumindo o compromisso de saldar os débitos e sendo passível de punição ser não cumprir. O grande problema é que o Tricolor tem valores a receber, mas não tem prazo para tal.

“Não vamos definir tempo para essa liberação de receitas porque não depende apenas do clube. Mas eu acho que dentro de um curto espaço de tepo eles recebem o que é de direito”, explicou o dirigente da Federação.

PARANÁ
Alheio aos problemas dentro e fora de campo dos corais, o Paraná chega ao Recife na contagem regressiva para o acesso. Com 59 pontos, o time precisa de duas vitórias para confirmar a volta à Série A. O único desfalque do técnico Matheus Costa é o volante Jhoney, machucado.

Ficha do jogo – Santa Cruz x Paraná

Santa Cruz
Julio Cesar; Walber, Bruno Silva, Anderson Salles e Yuri; Wellington Cézar (Derley), Thiago Primão e João Paulo; Bruno Paulo, Ricardo Bueno e André Luís. Técnico: Marcelo Martelotte.

Paraná
Richard; Cristovam, Maidana, Eduardo Brock e Ryan; Vinícius Kiss, Gabriel Dias (Leandro Vilela), João Pedro e Renatinho; Vitor Feijão e Robson. Técnico: Matheus Costa.

Local: Arruda. Horário: 20h30 (do Recife). Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG). Assistentes: Guilherme Dias Camilo e Sidmar dos Santos Meurer (ambos de MG).



PUBLICIDADE
FECHAR