publicidade
13/09/17
Treinador enalteceu jogadores. Foto: Guga Matos/JC Imagem
Treinador enalteceu jogadores. Foto: Guga Matos/JC Imagem

Luxa elogia Sport em vitória e diz: “Não quero ser protagonista”

13 / set
Publicado por Thiago Wagner em Instant Articles às 21:59

Após a vitória por 3×1 sobre a Ponte Preta, pela Copa Sul-Americana, o técnico Vanderlei Luxemburgo enalteceu muito o elenco do Sport, chegando até a citar alguns jogadores pela atuação no êxito do primeiro jogo das oitavas de final da competição internacional. Dentro desse cenário, destacou que é esse o time que ele quer ver e que não está no clube para ser protagonista. Quer deixar esse brilho para os atletas.

“Os jogadores foram enaltecidos pela torcida e pela imprensa. Quem tem que ser protagonista é o jogador. Eu não quero isso. Mas estamos no caminho certo. Às vezes sai um pouco ali ou aqui, mas nós colocamos numa boa”, disse Luxa de maneira bastante satisfeita não só com o resultado, mas com a apresentação da equipe.

LEIA MAIS:
Sport merecia vantagem maior, mas conseguiu vitória fundamental

Confira a vitória do Sport nas lentes da JC Imagem

Ouça a vitória do Sport na voz do Maior Gol do Mundo

Torcida do Sport mostra empolgação e dúvidas após vitória

Entre os citados por ele, estavam o volante Rithely, o meia Diego Souza e o atacante Lenis. Segundo Luxemburgo, todos estiveram bem em campo. “Rithely foi a melhor apresentação dele. Não só pelo gol, mas pelo futebol. Diego fez partida muito boa. Time jogou de maneira bem convincente”, afirmou.

O treinador ainda pontuou que não disse que iria fazer mudanças na equipe depois da partida contra o Grêmio, quando o Sport perdeu por 5×0 ele cobrou muito na coletiva. De acordo com o técnico, a intenção era apenas pedir mais empenho dos atletas. “Em nenhum momento falei que iria trocar jogador ou cite nome de alguém. A única coisa que falei é que meu time tinha que mudar atitude”, comentou.

Nem mesmo o gol sofrido nos minutos finais, que diminui um pouco a vantagem rubro-negra, deixou o comandante chateado. Ele preferiu destacar o mérito da Ponte. “Eu poderia reclamar, entre aspas, que perdemos muitos gols, mas o importante é o que time voltou a jogar bem”, declarou.



PUBLICIDADE
FECHAR