publicidade
12/09/17
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem

Sport, um time que só vem funcionando quando provocado em 2017

12 / set
Publicado por Thiago Wagner em Instant Articles às 7:03

A volta do bom futebol no Sport passa principalmente pela capacidade dos jogadores rubro-negros saberem enfrentar os desafios sem a necessidade de sempre serem provocados. O Leão só vem jogando como o torcedor espera quando instigado, seja por adversário, diretoria ou treinador, como se ter vontade bastasse para o time mudar da água para o vinho, em um passe de mágica.

LEIA MAIS:
Reação do Sport depende de Diego Souza, ídolo que não lidera

Everton Felipe agradece apoio de Roberto: “Rivalidade só campo”

Quando o Sport mais precisa, menos Diego Souza se comporta como líder

Adversário dentro de campo, lateral Roberto manda força para Everton Felipe

Foi assim após a chegada de Ney Franco, quando a equipe teve um breve crescimento; na semifinal do Nordestão contra o Santa, após ter sido provocado em casa por Pitbull; e na caminhada até o G-6 da Série A, que ocorreu depois de bronca de Luxemburgo. O problema é que todas essas reações foram efêmeras, sem uma consistência que desse confiança em dias melhores.

Para mudar de vez é preciso mais do que apenas gritar ou provocar os jogadores. Vontade de vencer todo mundo tem. O diferencial está no trabalho do dia a dia e na consistência de time dada pelo técnico. E isso está em falta no Sport desde o começo do ano. Leão é um time que não passa confiança. Por isso age somente quando provocado.



PUBLICIDADE
FECHAR